Teens

História de espontaneidade · 27/10/2020 - 12h07

Um Príncipe em Nova York faz 32 anos como uma das melhores comédias

Clássica comédia com Eddie Murphy já tem uma sequência confirmada para 2021


Compartilhar Tweet 1



Em 1988 chegava aos cinemas a comédia Um Príncipe Em Nova York, longa estrelado por Eddie Murphy que marcou uma geração com seu humor despretencioso e uma história cercada de espontaneidade. Murphy, em um dos melhores trabalhos de sua carreira, encarna um príncipe africano que decide viajar à Nova York para encontrar uma noiva.

Com direção de John Landis, o filme teve uma ótima recepção do público somando mais de US$ 288 milhões de dólares nas bilheterias mundiais. No Oscar de 1989, recebeu duas indicações nas categorias técnicas de Melhor Maquiagem e Melhor Figurino.

Em 2021, a aguardada sequência Um Príncipe Em Nova York 2 traz o retorno de Murphy para seu icônico papel, além dos atores James Earl Jones e Arsenio Hall, que também já estão confirmados para a nova trama.

Para celebrar os 32 anos de Um Príncipe Em Nova York, relembre a clássica comédia:

TRAMA

Na trama, Eddie Murphy vive Akeem Joffer, jovem príncipe herdeiro do trono de Zamunda, um reino africano fictício, que foi criado em meio a uma vida de luxo e riqueza. Quando ele completa 21 anos, seus pais lhe apresentam sua futura esposa, treinada para obedecer todas as suas ordens. Akeem logo percebe que não quer viver uma vida tão planejada assim e decide ir em busca de uma mulher que o ame pelo que ele realmente é, e não pelo seu status social. O jovem príncipe então viaja para Nova York, nos Estados Unidos, mas as diferenças entre as culturas norte-americana e do seu país o colocam em confusões.

ANTES E DEPOIS DO ELENCO

Eddie Murphy

O ator viveu Akeem Joffer, o protagonista da comédia, e já está confirmado na sequência em 2021. Murphy está com 59 anos de idade e continua atuando como um dos grandes nomes do cinema. Seu trabalho mais recente foi o longa Meu Nome é Dolemite.

Arsenio Hall

Ele viveu Semmi, melhor amigo e assessor pessoal de Akeem, no longa original de 1988. O ator, agora com 64 anos, faz sucesso com sua série The Arsenio Hall Show e também já está confirmado para retornar ao elenco da sequência. 

James Earl Jones

A voz de Mufasa e Darth Vader também deu às caras na comédia como o rei Jaffe Joffer, pai de Akeem. O ator de 89 anos atuou recentemente no longa Warning Shot, de 2018, e já confirmou seu retorno ao papel do rei no filme de 2021.

Shari Headley

 

A atriz viveu Lisa McDowell, a paixão de Akeem, e também retorna para o papel na sequência. Atualmente, aos 56 anos, ela trabalhou nas séries Como Se Tornar uma Divindade na Flórida e Star.  

John Amos 

O intérprete de Cleo McDowell, dono da lanchonete em que Akeem e Semmi vão trabalhar, está atualmente com 80 anos e permanece na atuação. Seu trabalho mais recente foi o longa Joias Brutas, com Adam Sandler. Ele também deve retornar à comédia em 2021.

CURIOSIDADES

Deu ruim!

O restaurante fictício da trama, McDowell's, era na verdade uma lanchonete da franquia Wendy's, no bairro do Queens, que seria fechada para reforma. A produção teve a aprovação da sede corporativa do McDonald's, que aparentemente não passou a palavra aos seus estabelecimentos locais. No dia em que o letreiro do McDowell's foi colocado, o gerente de um McDonald's que ficava a 800 metros do local chegou com seu advogado e tirou fotos, dizendo à equipe de montagem que eles seriam processados.

Sou eu!

Depois que se caracterizava para viver o judeu Saul, um de seus personagens no longa, Eddie Murphy saía para testar a maquiagem e o figurino. Ele pegava um carrinho de golfe, dirigia pelos arredores do estúdio da Paramount, saía do carrinho e dizia em sua voz normal: "Oi. Sou Eddie Murphy." Ninguém acreditava nele!

Inimizades

Nas gravações, John Landis, o diretor, e Eddie Murphy não se davam bem e Murphy jurou nunca mais trabalhar com ele na vida. No entanto, anos mais tarde os dois se reconciliaram e Murphy pediu pessoalmente a Landis que dirigisse Um Tira da Pesada III, de 1994.

Thriller

Na cena em que a futura esposa do Príncipe Akeem é apresentada, a dança realizada é uma versão acelerada de Thriller, a emblemática canção de 1983 eternizada pelo rei do pop, Michael Jackson. 

Trabalho dobrado

Todos os personagens que aparecem nas cenas da barbearia, incluindo o judeu, foram interpretados por Eddie Murphy, Arsenio Hall, Clint Smith e Cuba Gooding Jr.

SEQUÊNCIA

Um Príncipe Em Nova York 2, sequência da comédia, ainda não tem muitas informações divulgadas até agora, mas o que se sabe é que grande parte do elenco retorna para seus papéis. A produção também já confirmou a adição dos atores Wesley Snipes e Tracy Morgan na comédia.

Na sequência, a trama seguirá a volta do Príncipe Akeem à Nova York quando ele descobre que teve um filho, o futuro herdeiro de Zamunda.

O filme será dirigido por Craig Brewer, que trabalhará a partir de um roteiro de Kenya Barris. Ela está reescrevendo um roteiro dos escritores originais de Um Príncipe Em Nova York, Barry Blaustein e David Sheffield. Além de atuar, Murphy também está produzindo o filme ao lado de Kevin Misher.

Um Príncipe Em Nova York 2 tem previsão de estreia para 2021 no Brasil. 


Comentários