Teens

Entrevista ao ComicBook.com · 17/02/2021 - 15h21

‘Raya e o Último Dragão’: Diretor fala sobre os desafios de fazer a animação durante a pandemia

Embora seja uma tarefa difícil, o co-diretor Carlos Lopez Estrada disse que este desafio acabou fortalecendo a equipe


Compartilhar Tweet 1



Por conta da pandemia do Coronavírus, ‘Raya e o Último Dragão‘ foi uma das produções da Disney que precisou ser concluída à distância. As informações são do Cine POP.

Embora seja uma tarefa difícil, o co-diretor Carlos Lopez Estrada disse que este desafio acabou fortalecendo a equipe.

“Este é meu primeiro filme de animação, mas assim como os membros do estúdio disseram, eu concordo que foi um milagre realizá-lo. Foi preciso tantas pessoas, tantas estratégias minuciosas, tantos ensaios e períodos de tempo específicos… Mas quando um filme é finalizado, sempre há aquela sensação de que não foi diferente de nossos trabalhos anteriores.”

Ele continuou:

“Tivemos que lidar com muitas surpresas porque não estávamos reunidos em um estúdio, então ficamos muito confusos e duvidosos se conseguiríamos fazer dar certo. O engraçado é que a trama do próprio filme trata-se de confiança e comunidade, então tomamos isso como nosso lema. Apesar de estarmos distantes, estávamos caminhando a mesma trilha por atalhos diferentes e isso nos aproximou muito.”

Por fim, ele comemorou o fato de terem concluído essa tarefa quase impossível e comemorou união com os membros da equipe e do elenco.

“Eu sinto que todos nós gostamos de trabalhar em casa e ter a companhia de nossas famílias, ver como são as famílias dos outros… Quando terminamos, todos ficaram tão emocionados porque realizamos essa tarefa impossível, e todos se sentiram assim parte de algo mágico e que foi o maior obstáculo e também a maior satisfação. Acho que nossa equipe realmente saiu mais forte do que jamais poderíamos imaginar.”

Anteriormente, a roteirista Adele Lim, que assina a história ao lado de Qui Nguyen, revelou detalhes sobre a narrativa e quais foram suas principais inspirações para o enredo.

Em entrevista ao ComicBook.com, Lim disse que se baseou em sua própria infância no Sudeste Asiático e também em fortes personagens femininas de filmes de kung fu para a animação.

“Em termos de inspirações pessoas, no começo, são várias coisas, como crescer no Sudeste Asiático e o fato de eu assistir a vários filmes de kung fu. O espírito das personagens femininas, qeu ficaram comigo por um longo tempo, ainda poderiam acabar com você. E eu gostei da ideia. […] Nós temos grandes líderes mulheres, elas eram ótimas guerreiras e bastante empoderadas. Queríamos que Raya fosse assim também”.

Por R$ 69,90 e pelo tempo limitado entre 5 a 19 de março, os assinantes do Disney+ poderão ver e rever a animação quantas vezes quiserem nos seus dispositivos preferidos, ao mesmo tempo em que o filme entra em cartaz nos cinemas.

Os assinantes Premier Access visualizarão a animação assim que clicarem na área exclusiva, sem prazos para assisti-la, sem interrupções e sem outras limitações além das já estipuladas no contrato de assinantes e enquanto mantiverem sua assinatura ativa.

Para os assinantes que não optarem pelo Premier Access, ‘Raya e o Último Dragão’ estará disponível no Disney+ a partir de 23 de abril sem custos extras.

Dirigido por Hall e por Carlos López Estrada, o longa é a 59º animação da Disney e sua primeira aventura de fantasia inspirada nas culturas do sudeste asiático.

Há muito tempo, no mundo de fantasia de Kumandra, humanos e dragões viviam juntos em harmonia. Mas quando uma força maligna ameaçou a terra, os dragões se sacrificaram para salvar a humanidade. Agora, 500 anos depois, o mesmo mal voltou e cabe a uma guerreira solitária, Raya, rastrear o lendário último dragão para restaurar a terra despedaçada e seu povo dividido. No entanto, ao longo de sua jornada, ela aprenderá que será necessário mais do que um dragão para salvar o mundo – também será necessário confiança e trabalho em equipe.

Kelly Marie Tran estrela a produção, dando voz à Raya. O elenco ainda conta com Awkwafina como Sisu, Gemma Chan como Namaari, Daniel Dae Kim como Benja, Sandra Oh como Virana e Benedict Wong como Tong.

 

Comentários