Teens

Baseados nas obras homônimas · 30/07/2021 - 11h10

O Senhor dos Anéis: Estúdio pressionou Peter Jackson para que um hobbit morresse

Ainda bem que isso não aconteceu, porque teria acontecido comigo. Com certeza teria sido. Eles nunca poderiam matar Frodo ou Sam


Compartilhar Tweet 1



Dominic Monaghan e Billy Boyd, Merry e Pippin da trilogia original de O Senhor dos Anéis, revelaram que a intenção inicial do estúdio era a de matar um dos hobbits. As informações são do Jovem Nerd.

Em entrevista concedida ao IGN, a dupla contou que, durante as filmagens, a Warner Bros. pressionava o diretor Peter Jackson que um dos personagens morresse, fugindo assim da história apresentada no livro.

Monaghan, o Merry da produção, ficou feliz que o cineasta lutou para que isso não acontecesse porque, para ele, o seu personagem seria o escolhido.

Ainda bem que isso não aconteceu, porque teria acontecido comigo. Com certeza teria sido. Eles nunca poderiam matar Frodo ou Sam, então sobrariam Merry e Pippin. Eles não mataria Pippin porque ele tem uma história forte com Gandalf. Definitivamente, teria sido eu. Eu acho que Peter [Jackson] disse: ‘Este é uma obra incrível, e precisamos nos ater ao texto original’. Então, ele manteve a sua posição. E eu fico muito feliz que isso não aconteceu.

Os filmes de Os Senhor dos Anéis foram baseados nas obras homônimas de J.R.R. Tolkien. A trilogia está disponível na HBO Max.

Comentários