Teens

Game era previsto para 19/11 · 28/10/2020 - 11h43 | Última atualização em 28/10/2020 - 11h51

Cyberpunk 2077 é adiado pela terceira vez e só chegará em dezembro

Em nota, a CD Projekt Red se desculpou com os fãs e anunciou a nova data de lançamento.


Compartilhar Tweet 1



    Divulgação

A CD Projekt Red anunciou, nesta terça-feira (27), o adiamento de Cyberpunk 2077, que agora deverá ser lançado em 10 de dezembro. Esta foi a terceira vez que o jogo teve a sua data de estreia postergada, desde que foi oficialmente anunciado. As informações são do SBT.

Em uma nota, assinada pelo cofundador da empresa, Marcin Iwinski, e pelo diretor do estúdio, Adam Badowski, a CD Projekt Red pede desculpas aos fãs pela mudança na data de lançamento, que deveria ocorrer em 19 de novembro, e atribui o novo adiamento à grande quantidade de versões de Cyberpunk 2077 que precisam ser desenvolvidas.

"O maior desafio para nós, no momento, é distribuir o jogo na geração atual, próxima geração e PC ao mesmo tempo, o que nos obriga a preparar e testar 9 versões dele", argumenta a empresa.

Ainda de acordo com o comunicado, durante o seu desenvolvimento, Cyberpunk 2077 já evoluiu para "quase se tornar" um título da próxima geração, o obrigou o estúdio a executar novos testes para garantir que todas as versões do jogo rodassem bem.

"Estamos cientes de que pode parecer irreal quando alguém diz que 21 dias podem fazer alguma diferença em um jogo tão massivo e complexo, mas realmente fazem", aponta a produtora.

Por fim, a CD Projekt Red explica o motivo pelo qual o título teve o seu lançamento adiado tantas vezes desde que foi anunciado, em abril deste ano.

"Passar na certificação, ou 'going gold', significa que o jogo está pronto, pode ser concluído e tem todo o conteúdo. Mas não significa que paramos de trabalhar e elevar a barra de qualidade. (..) Pelo contrário, este é o momento em que muitas melhorias estão sendo feitas, as quais serão distribuídas por meio de um patch do Dia 0. Este é o período de tempo que subestimamos", concluem Marcin Iwi?ski e Adam Badowski.

Veja o comunicado na íntegra:

 


Comentários