Teens

Clássico do cinema · 23/01/2021 - 14h14

Brigas entre Bruce Willis e Michael Bay marcaram o aclamado Armagedom

Problemas no set e jeito explosivo do diretor causaram desavenças entre a dupla


Compartilhar Tweet 1



Armagedom, um dos maiores clássicos do cinema, é o grande destaque da Sessão de Sábado (23/01) na Rede Globo, às 14h10. O filme estrelado por Bruce Willis sob o comando de Michael Bay retrata um grupo de astronautas lutando para destruir um asteróide que ameaça invadir a Terra. As informações são do Cine Click.

Embora seja lembrado até hoje pelo público, o longa lançado em 1998 enfrentou diversos problemas nos bastidores, incluindo brigas, problemas de figurino e até mesmo críticas do próprio diretor sobre a produção.

Michael Bay X Bruce Willis

Em 2007, oito anos após a estreia do longa, Bruce Willis "soltou o verbo" para falar sobre o trabalho com Bay em Armagedom. Tudo começou com alguns boatos na época de que o cineasta havia sido cotado para a direção de Duro de Matar 4, que acabou comandado por Len Wiseman.

Durante uma sessão de perguntas e respostas, Willis comentou o assunto afirmando que teve uma experiência desagradável: “Bay teria arruinado Duro de Matar 4. Poucas pessoas vão trabalhar com ele agora, e eu sei que nunca mais vou trabalhar com ele. Um diretor gritando não contribui em nada para uma experiência agradável no set”, revelou o ator na época. 

Apesar dos ânimos terem se acalmado logo depois, a dupla nunca mais se reuniu para um trabalho nas telonas. 

Desculpas

Mesmo aclamado pelos fãs e tendo somado mais de US$ 550 milhões de dólares mundialmente, o filme sofreu com críticas severas que apontavam em grande parte a direção de Michael Bay. Sobre isso, o diretor afirmou em 2013 que considera este o seu pior filme. “Vou me desculpar pelo Armagedom. Tivemos que fazer o filme inteiro em dezesseis semanas, foi uma tarefa gigantesca. Isso não era justo com o filme. Eu iria refazer todo o terceiro ato se eu pudesse", disse o cineasta. 

Mais curiosidades

NASA

Em um de seus programas de treinamento em gestão, a NASA exibe o filme para que os novos gerentes tentem detectar o máximo de erros possível. Até hoje cerca de 168 foram encontrados.

Condições

A equipe de filmagem recebeu permissão para gravar algumas sequências em uma plataforma de lançamento real, com um ônibus espacial acoplado a ela. A única exigência era que ninguém entrasse na nave. Ben Affleck admitiu anos depois que entrou para matar a curiosidade, mas saiu correndo antes que os técnicos da NASA o mandassem sair.

Romance

O roteiro original do filme não incluía a subtrama romântica entre o casal AJ (Ben Affleck) e Grace (Liv Tyler). A equipe de roteiristas decidiu adicionar essa história ao filme depois do sucesso que Titanic (1997) fez entre o público mais jovem. 

Trama

O filme acompanha um grupo de astronautas que precisa impedir que um asteróide entre em colisão com a Terra e traça um plano que consiste em dividir o fragmento em duas partes. Para a missão, o diretor da NASA Dan Truman (Billy Bob Thornton) escala Harry S. Stamper (Bruce Willis), o melhor perfurador de petróleo do mundo, junto com sua equipe treinada para a tarefa. Com um prazo de poucos dias, eles viajam para o espaço para perfurar o asteróide e explodi-lo sabendo que futuro da humanidade depende do sucesso dessa grande missão.

Produção

Além de Willis, o filme de Michael Bay ainda traz no elenco nomes como Ben Affleck, Liv Tyler, Michael Clarke Duncan, Owen Wilson, Billy Bob Thornton e Steve Buscemi.


Comentários