Teens

Quebrando a Internet · 09/01/2019 - 09h57 | Última atualização em 09/01/2019 - 10h06

Bilheterias Brasil: WiFi Ralph estreia quebrando a internet e o reinado de Aquaman

O verão é mais virtual do que de Atlantis agora.


Compartilhar Tweet 1



Enquanto Aquaman segue seu reinado internacional, e principalmente nos Estados Unidos, com mais de US$ 940 milhões arrecadados globalmente e o posto de mais lucrativo filme do Universo Estendido da DC, o público brasileiro decidiu pôr um fim ao domínio de Jason Momoa nas bilheterias nacionais. E o grande responsável por impulsionar o novo estado das coisas é WiFi Ralph - Quebrando a Internet: em sua estreia, a animação desbancou Aquaman com 1 milhão de espectadores contra os 674 mil atraídos pela aventura marítima, segundo dados do Filme B.

Aproximando-se da marca de 2 milhões no índice de público, a comédia Minha Vida em Marte reafirmou a potência dos humoristas nacionais, levando mais 596 mil espectadores às salas de cinema. A outra paixão nacional da lista, a saga Dragon Ball, deu o pontapé inicial em sua jornada com 410 mil fãs reunidos para conferir a estreia da batalha entre Goku e o poderosíssimo Broly em Dragon Ball Super Broly. Em quinto, para encerrar a metade superior do ranking da primeira semana de 2019, vem Bumblebee que, com seus 281 mil de público, ultrapassou a barreira do milhão no "ibope" brasileiro.

Detetives do Prédio Azul 2 - O Mistério Italiano foi outro título que superou a mesma marca que o spin-off da franquia Transformers; com mais 101 mil acumulados, DPA 2 está na cola do filme original. Em sétimo lugar, o terror O Manicômio prova que o verão pode ser uma boa estação para sustos: 50 mil espectadores assistiram ao horror alemão, quantidade suficiente para ultrapassar os 30 mil de O Retorno de Mary Poppins com folga.

Já o vencedor do Globo de Ouro de Melhor Filme de Drama, Bohemian Rhapsody, aparece na penúltima colocação. Em sua décima semana em cartaz, o longa levou mais 22 mil espectadores às telonas, aproximando-se da marca de 3 milhões de público. Por último, na derradeira posição, vem o suspense Culpa (9 mil).


Comentários