Algumas medidas foram tomadas · 19/01/2022 - 09h26

Microsoft anuncia compra da Activision Blizzard por US$ 68,7 bilhões


Compartilhar Tweet 1



    Reprodução

A Microsoft anunciou nesta quarta-feira (18/01) a compra da Activision Blizzard, empresa responsável por jogos como Call of Duty e World of Warcraft. Segundo a empresa, a aquisição será uma transação em dinheiro, avaliada em US$ 68,7 bilhões. As informações são do Jovem Nerd.

Para fins de comparação, a compra da ZeniMax Media, dona da Bethesda Softworks, foi de cerca de US$ 7,5 bilhões, em setembro de 2020.

Em comunicado, a Microsoft afirmou que adquiriu a empresa para “levar alegria e a comunidade de jogos para todos, através de qualquer dispositivo.” Além disso, foi confirmado que Bobby Kotick continuará como CEO da Activision Blizzard.

“Com três bilhões de pessoas jogando ativamente hoje, e uma nova geração aproveitando a diversão do entretenimento interativo, o setor de jogos é atualmente a maior forma de entretenimento, em amplo crescimento. Hoje, a Microsoft Corp. anuncia os planos de adquirir a Activision Blizzard, líder em desenvolvimento de jogos e publicação de conteúdo interativo. Essa aquisição vai acelerar o crescimento do setor de games da Microsoft, através dos dispositivos móveis, PC, console e nuvem, e vai fornecer as ferramentas para o metaverso. Quando a transação for concluída, a Microsoft se tornará a terceira maior empresa de jogos do mundo em receita, atrás da Tencent e Sony. O plano de aquisição inclui franquias icônicas da Activision Blizzard e King Studios, como Warcraft, Diablo, Overwatch, Call of Duty e Candy Crush, além de atividades globais de eSports pela Major League Gaming.”

Nas redes sociais, Phil Spencer, chefe da divisão Xbox, comentou a compra da empresa, afirmando que: “À medida em que estendemos a diversão e a comunidade de jogos para todos, estamos incrivelmente empolgados em dar as boas-vindas aos fantásticos times e icônicas franquias da Activision Blizzard ao time Xbox.”

Vale lembrar que, nos últimos meses, a Activision Blizzard está lidando com uma série de ações judiciais que tiveram início em julho de 2021, após o estado da Califórnia entrar com um processo contra a empresa por conta de denúncias de discriminação e assédio sexual no ambiente de trabalho.

Desde então, algumas medidas foram tomadas pela empresa, como demissão de funcionários envolvidos nos casos e a implementação de um comitê para novas políticas internas.

Apesar disso, uma reportagem do Wall Street Journal afirma que Bobby Kotick sabia dos casos de assédio na empresa há muito tempo, e não tomou nenhuma ação, o que piorou a imagem da companhia no mercado. Na época, Playstation e a própria Xbox chegaram a criticar a postura da empresa após as denúncias.

Comentários