Vítima de enforcamento · 19/11/2013 - 21h53

Novo caso! Foto íntima vaza e jovem de 16 anos é achada morta em casa

Novo caso! Foto íntima vaza e jovem de 16 anos é achada morta em casa


Compartilhar Tweet 1



A Polícia Civil em Veranópolis, na Serra do Rio Grande do Sul, investiga o caso de uma adolescente de 16 anos encontrada morta por enforcamento em seu quarto depois de ter uma foto íntima divulgada na internet. De acordo com o delegado Marcelo dos Santos Ferrugem, a imagem mostra os seios e o rosto da jovem na tela de um bate-papo. O computador da jovem e o celular dela foram apreendidos. O caso é semelhante ao da adolescente piauiense, Julia Rebeca, achada morta no último dia 10 de novembro.

“O suicídio em si não constitui crime. Entretanto, como a família da vítima nos informou que ela se matou por causa desta foto, temos a obrigação de investigar este crime de divulgação de uma imagem pornográfica envolvendo uma menor de idade”, explica o delegado. “Já temos a foto e tudo indica que ela tenha sido compartilhada pela internet e também entre celulares de amigos e conhecidos dela”, acrescenta.

O ex-namorado da garota é suspeito de ter espalhado a imagem por ciúmes, já que ela deu início a um novo relacionamento. Segundo o delegado, ele será ouvido e, se ficar comprovada sua participação no compartilhamento da foto, poderá responder pelo crime de vender ou expor fotografia, vídeo ou qualquer outro registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo menores de idade. O delito está previsto no artigo 241 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e tem pena estipulada de quatro a oito anos de reclusão.

O caso ocorreu na quinta (14) da semana passada. Segundo a polícia, a garota avisou uma amiga pela internet e cometeu suicídio logo depois do meio-dia. Em depoimento à polícia, familiares disseram que não sabiam da repercussão da foto, pois ela não havia feito nenhum comentário. No entanto, o pai dela encontrou a imagem dias depois. A foto foi feita por meio de um print screen (captura de imagem feita com um botão do computador). A jovem morava com os pais e com um irmão no bairro Santo Antônio, em Veranópolis.

CASO NO PIAUÍ
No domingo (10), em Parnaíba, no litoral do Piauí, a garota Júlia Rebeca, de 17 anos, foi encontrada morta em seu quarto pela tia dias depois de ter um vídeo íntimo divulgado nas redes sociais. Nas imagens, ela aparece em cenas de sexo com outros dois adolescentes. A polícia investiga o caso e busca identificar o responsável pelo vazamento das imagens.


Fonte: Com informações do G1