Piauí conta com 106 -

Vigilância Sanitária qualifica profissionais pra implantação de Núcleo de Segurança do Paciente

Técnicos da Diretoria de Vigilância Sanitária do Estado (DIVISA) estão em Cocal da Estação qualificando cerca de 200 profissionais de saúde do município, para que a Secretaria Municipal de Saúde de Cocal da Estação possa aderir à implantação do Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) e seus protocolos. A ação acontece desde ontem (06/02), na Câmara Municipal, acompanhada pela diretora da DIVISA, Tatiana Chaves e segue com programação nesta quarta-feira (07/02). 

Atualmente, o Piauí conta com 106 Núcleos de Segurança do Paciente cadastrados junto a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
“A implantação do NSP no serviço de saúde possibilita uma assistência mais segura a todos os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) que buscam por atendimentos nas Unidades Básicas de Saúde”, destacou a diretora da DIVISA, Tatiana Chaves.

Foto: Sesapi

Para a implantação do NSP em Cocal da Estação, a DIVISA deixou acordado com o município, cronograma atividades, com prazo de 45 dias para que a gestão possa retornar com as solicitações do órgão. 

“Nós tivemos uma boa recepção pela gestão municipal e uma boa adesão de profissionais participantes, então estamos bem otimistas com o cumprimento das solicitações junto ao município de Cocal da Estação”, completou Tatiana Chaves.

Ainda na programação da DIVISA realizada em Cocal da Estação, a Vigilância Sanitária também está promovendo reunião técnica e palestras sobre saúde do trabalhador com profissionais que atuam em serviços de saúde do município (enfermeiros, médicos, serviços de limpeza, entre outros), bem como agentes comunitários de saúde, fiscais da vigilância sanitária municipal, agentes de endemias e técnicos de saúde bucal.

A ação está sendo realizada com apoio do Centro Regional de Referência em Saúde do Trabalhador de Parnaíba (CEREST Parnaíba).

Fonte: Sesapi

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco