Alta nos atendimentos -

Veja os principais destaques na saúde do estado desta segunda-feira (18/09)

Veja os principais destaques na saúde do estado desta segunda-feira (18/09), apurados pelo 180graus:

Lacen realiza capacitação nas 11 regionais de saúde sobre coleta de amostras para exames

A Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi), por meio do Laboratório Central de Saúde publica “Dr Costa Alvarenga” (LACEN-PI), está capacitando os técnicos de laboratórios e de TI dos municípios das 11 regionais de saúde. O projeto denominado “Capacitação para coleta de uma amostra precisa: fortalecendo a atenção básica de saúde do Estado do Piauí”, iniciou suas atividades por Bom Jesus e Piripiri.  Os encontros acontecem nas cidades sedes das regionais e serão realizados até março de 2024. 

Foto: AsCom/sesapi

O objetivo do projeto é atualizar os técnicos que trabalham em laboratórios públicos municipais em coleta de água para análise para consumo humano, coleta para triagem neonatal (teste do pezinho) e coleta e análise de baciloscopia para tuberculose, além de técnicos em Tecnologia da Informação para gerenciamento do Gal e sistemas utilizados no serviço dos laboratórios.

“O objetivo principal do projeto é capacitar o maior número de profissionais da área da saúde que atuam na atenção básica dos municípios, através dos laboratórios que integram as 11 regionais do estado para realização de coleta de amostras de forma padronizada e segura. Essa padronização e maior qualidade na coleta de materiais nos permite realizar exames mais precisos e obter diagnósticos mais seguros”, destaca o diretor do LACEN-PI, Fabrício Amaral.

Foto: AsCom/sesapi

O projeto trabalha ainda com a produção e distribuição de materiais de apoio, incluindo manuais, cartilhas e vídeos explicativos que fornecerão instruções precisas sobre as coletas de amostras para os profissionais. Todo o conteúdo é baseado e atualizado seguindo normas de referência para as respectivas coletas com as últimas recomendações do Ministério da Saúde.

“Após concluírem esta capacitação, os profissionais estarão aptos a realizar coletas de amostras de forma padronizada e segura, contribuindo para melhoria da qualidade dos resultados e, consequentemente, para a saúde da população. Teremos maior precisão, confiabilidade, rastreabilidade e eficiência dos resultados das análises laboratoriais”, destaca a superintendente de atenção primária a saúde e municípios, Leila Santos.

De acordo com o cronograma do projeto, os próximos municípios a receberem a capacitação serão São Raimundo Nonato, durante o período de 27 a 29 de setembro, e Parnaíba, de 17 a 19 de outubro.

Hospital Regional de Campo Maior registra alta de cirurgias de urgência e emergência

De janeiro a agosto, o Hospital Regional de Campo Maior, gerenciado pela Santa Casa de Chavantes, registrou alta de 54,34% em cirurgias de urgência e emergência, em comparação ao mesmo período do ano passado. Enquanto nos oito meses de 2022 foram realizados 760 procedimentos, neste ano esse número chegou a 1.173. Além disso, neste mesmo período, a unidade hospitalar registrou outras 1.111 cirurgias eletivas – aquelas que não são programadas e não consideradas de urgência. 

Foto: AsCom/Sesapi

UTI com dez leitos adultos

Um dos fatores que auxiliou no aumento de cirurgias na instituição foi o funcionamento de uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), com dez leitos adultos. “Podemos estabilizar os pacientes em um pós-operatório mais complexo e atender melhor aqueles que chegam em estado grave”, destacou a diretora do HRCM, Carla Virginia Borges.

Além disso, houve a contratação de novos profissionais, como médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem, que estão completando o quadro de colaboradores.

HGV acelera cirurgias eletivas e realiza 35 procedimentos ortopédicos

O Hospital Getúlio Vargas (HGV) realizou 35 cirurgias ortopédicas no último sábado (16/09). Os procedimentos fazem parte do Programa Saúde em Dia, uma iniciativa do Governo do Piauí coordenada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi).

Foto: AsCom/Sesapi

Diretora-geral do HGV, Nirvania Carvalho explica que a maior unidade hospitalar do estado estabeleceu um planejamento de atendimentos aos finais de semana para acelerar o quantitativo de cirurgias realizadas e reduzir o tempo de espera. 

"O HGV, com toda a sua estrutura, comprometimento dos profissionais e ampliação da capacidade operacional, atua para atender a população do Piauí com mais celeridade, segurança e qualidade”, enfatiza a gestora.

Nove hospitais estaduais já atingiram a meta

Um dos objetivos do Saúde em Dia é zerar a fila de cirurgia dos procedimentos que estavam cadastrados no sistema de regulação estadual até o último mês de março, quando o programa foi lançado. Nove hospitais estaduais já atingiram a meta. 

“Estamos alcançando excelentes resultados. Além de zerar a fila de cirurgias eletivas, nosso compromisso é em reduzir o tempo de espera e melhorar ainda mais os serviços”, garante Dirceu Campêlo, superintendente de média e alta complexidade da Sesapi.

Comentários

Trabalhe Conosco