180 dias em obras · 11/10/2019 - 12h51

UTI do Hospital Infantil será ampliada e passará a contar com 20 leitos


Compartilhar Tweet 1



O secretário de Estado da Saúde, Florentino Neto, reuniu-se, nesta sexta-feira (11), com a diretoria do Hospital Dirceu Arcoverde da Polícia Militar (HPM) e com o diretor do Hospital Infantil Lucídio Portella, Vinícius Nascimento, para discutir o convênio entre os dois hospitais.

A parceria será durante as obras de reforma da UTI do hospital infantil, onde as crianças que precisam da UTI pediátrica serão agora acomodadas na nova UTI do HPM. Após o fim das reformas no hospital infantil, as crianças retornarão para a unidade e a UTI do HPM passará a atender adultos e casos de alta complexidade. A reunião também contou com a presença do deputado estadual coronel Carlos Augusto.

Florentino Neto destaca que a medida é importante, pois garante as reformas necessárias no hospital infantil, ao mesmo tempo que assegura a continuidade do atendimento das crianças que precisam da UTI pediátrica. “Nós já iniciamos esse diálogo e agora as equipes técnicas do HPM e do Hospital Lucídio Portella irão se reunir para definir os termos de cooperação técnica e o protocolo de atendimento, que irão nortear o funcionamento desta nova UTI enquanto unidade pediátrica. As obras de reforma do hospital infantil já estão sendo realizadas, vários setores já passaram por essas obras e os trabalhos na UTI devem ser iniciados nos próximos dias”, disse o secretário.

Atualmente, o Hospital Infantil atende nove crianças na UTI e com a transferência para a unidade do HPM, até 10 crianças poderão ser mantidas no espaço. Após a realização da reforma na UTI pediátrica do Hospital Infantil, que devem ser finalizadas em 180 dias, a unidade contará com 20 leitos.

O deputado estadual coronel Carlos Augusto acompanhou a reunião e após a visita na UTI falou que as crianças que utilizarem a UTI do HPM durante o período de reforma no Hospital Infantil terão assistência completa. “Eu acompanho a construção dessa UTI do HPM desde seu início e posso garantir que, agora que ela está finalizada, temos aqui uma estrutura excepcional que certamente irá assegurar um tratamento de qualidade para essas crianças e para todos os outros que irão depender dessa unidade”, falou o parlamentar.

O diretor-geral do HPMPI, coronel Marques, fala que a parceria com o Hospital Infantil ajuda a realizar mais um dos objetivos da gestão atual, que era de iniciar o funcionamento da UTI para o atendimento da população. “A grande vantagem que temos aqui é o início do funcionamento da nova UTI, que a partir do momento que as reformas no Hospital Infantil forem concluídas, atuará como uma Unidade de Tratamento Intensivo adulta para alta complexidade”, destacou o coronel.

O diretor Vinícius Nascimento aponta que agora a Caixa Econômica autorizou a realização da reforma e basta apenas transferir a UTI pediátrica para o HPM para, assim, iniciarem as obras. “A reforma trará um novo perfil para a saúde do estado, pois contaremos com a abertura de uma nova UTI aqui no HPM e uma ampliação na nossa UTI pediátrica melhorando a qualidade de atendimento para todos”, disse o gestor.


Fonte: Ascom sesapi

Comentários