'Serviço ainda melhor' -

Previne Brasil: 31 municípios do Piauí atingiram nota máxima nos indicadores de desempenho

Trinta e um municípios do Piauí receberam a nota máxima nos indicadores de desempenho no Programa Previne Brasil. O desempenho dos municípios do Piauí no ano passado ainda superou o de 2022. 

“Queremos parabenizar nossos municípios pelo empenho em melhorar os índices do Programa Previne Brasil. Quem ganha com essas melhorias é a população que está recebendo um serviço de saúde ainda melhor”, destaca a superintendente de Atenção aos Municípios da Secretaria Estadual da Saúde, Leila Santos.

Os municípios mais bem colocados do estado foram: Floresta do Piauí, Vila Nova do Piauí, Santo Inácio do Piauí, Guadalupe, Francinópolis, Monsenhor Hipólito, Belém do Piauí, Cocal dos Alves, Caridade do Piauí, Dom Inocêncio, Sebastião Leal, Caldeirão Grande do Piauí, São Félix do Piauí, Boqueirão do Piauí, São João da Varjota, Prata do Piauí, Sussuapara, São Miguel da Baixa Grande, Queimada Nova, Acauã, Boa Hora, Patos do Piauí, Fronteiras, Esperantina, Agricolândia, São João da Canabrava, Barra D'alcântara, Elesbão Veloso, São Francisco de Assis do Piauí, Demerval Lobão e Lagoa do Barro do Piauí.

Foto: Reprodução/MS

“Neste ano vamos alinhar, ainda mais, nossos esforços junto com os nossos municípios para que os indicadores do Previne Brasil possam aumentar e assim trazer mais benefícios para a saúde da nossa população”, reforça a gerente da Atenção Primária da Sesapi, Bhássia Barroso.

Confira os indicadores do Piauí:

1 - Proporção de gestantes com, pelo menos, seis consultas pré-natal realizadas, sendo a 1ª até a 12ª semana de gestação:
Em 2022: 17% 
Em 2023: 34%

2 - Proporção de gestantes com realização de exames para sífilis e HIV
Em 2022: 53%
Em 2023: 89%

3- Proporção de gestantes com atendimento odontológico realizado
Em 2022: 45%
Em 2023: 68%

4 - Proporção de mulheres com coleta de citopatológico na APS
Em 2022: 17%
Em 2023: 34%

5 - Proporção de crianças de um ano de idade, vacinadas na APS contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B, infecções causadas por Haemophilus influenzae tipo B e poliomielite inativada
Em 2022: 58%
Em 2023: 75%

6- Proporção de pessoas com hipertensão, com consulta e pressão arterial aferida no semestre
Em 2022: 24%
Em 2023: 40%

7 - Proporção de pessoas com diabetes, com consulta e hemoglobina glicada solicitada no semestre
Em 2022: 16%
Em 2023: 36%

Previne Brasil
Instituído pela portaria nº 2.979, de 12 de novembro de 2019, é um novo modelo de financiamento do governo federal à Atenção Primária à Saúde (APS). Assim, o Previne Brasil considera o número de pessoas acompanhadas nos serviços de saúde, em especial as pessoas que participam de programas sociais, crianças e idosos; a melhoria das condições de saúde da população com prioridade no tratamento de doenças crônicas, como diabetes e redução de mortes de crianças e mães; e a adesão a programas estratégicos, como o Conecte SUS (informatização) e Saúde na Hora, que amplia o horário de atendimento à população.

O novo modelo de financiamento altera algumas formas das transferências para os municípios, que passam a ser distribuídas com base em três critérios: capitação ponderada, pagamento por desempenho e incentivo para ações estratégicas.

A proposta tem como princípio a estruturação de um modelo de financiamento focado em aumentar o acesso das pessoas aos serviços da Atenção Primária e o vínculo entre população e equipe, com base em mecanismos que induzem à responsabilização dos gestores e dos profissionais pelas pessoas que são assistidas.

Fonte: Governo do Estado do Piauí

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco