Talita temia pela saúde da filha -

Mulher descobre câncer durante gravidez, faz tratamento e filha nasce saudável

Aos seus jovens 27 anos, Talita Scupino, natural de São Paulo, enfrentou três reviravoltas surpreendentes em sua vida. A primeira delas foi o diagnóstico de dois teratomas em seus ovários, ambos de natureza benigna. Com informações do Metrópoles.

Foto: Reprodução

Contudo, o tamanho considerável desses tumores, um de 22 centímetros e o outro de 10 centímetros, causou dores abdominais intensas, levando-a a procurar ajuda médica no início de 2022.

Os teratomas são tumores ovarianos de células germinativas que podem conter diversos tipos de tecidos corporais, como cabelo, músculos, ossos e dentes. Em seu caso, felizmente, ambos foram identificados como benignos, mais especificamente teratomas maduros. Talita passou por uma cirurgia para a remoção dos tumores, sendo necessário também retirar o ovário direito, enquanto o esquerdo foi preservado, pois se acreditava que estava saudável e que ela ainda poderia ter uma gravidez assistida no futuro.

No entanto, uma surpresa inesperada aguardava Talita. Poucos meses após a cirurgia, enquanto estava grávida de quatro meses de sua primeira filha, ela descobriu um câncer no ovário esquerdo. Além disso, exames pré-natais revelaram um acúmulo significativo de líquido na barriga e um aumento no tamanho do ovário afetado.

Talita enfrentou um desafio adicional durante a gestação, pois teve que passar por três ciclos de quimioterapia, além de colocar uma bolsa de colostomia para drenar o líquido abdominal. Houve preocupações com o impacto da quimioterapia na saúde de sua filha, incluindo riscos como cegueira, surdez e afonia (perda da voz).

A determinação de Talita e o apoio de seu marido, Bruno Scupino, foram fundamentais. Ela assinou um termo de responsabilidade se recusando a continuar o tratamento de quimioterapia para proteger sua filha. Apesar dos desafios, Vittoria nasceu saudável após uma cesariana na 34ª semana de gestação.

Logo após o parto, Talita enfrentou outra cirurgia, que revelou uma descoberta chocante: em vez de um único tumor, os médicos encontraram 66 tumores malignos, do tamanho de caroços de feijão, alojados na parede do intestino. Os tumores se espalharam pela camada de gordura do intestino antes de entrar no órgão.

Talita permaneceu hospitalizada por 20 dias após essa cirurgia e agora aguarda um exame para determinar se ainda há células cancerígenas em seu corpo. Os médicos estão otimistas em relação à sua recuperação.

A emocionante jornada de Talita ganhou destaque nas redes sociais, quando a atriz norte-americana Viola Davis compartilhou um vídeo mostrando o apoio do marido de Talita ao raspar o cabelo dela durante o tratamento. Esse vídeo tocou o coração de milhões de pessoas, destacando a força e a determinação dessa jovem mãe em sua luta contra o câncer.

Fonte: Metrópoles

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco