700 pacientes com estomias · 21/10/2021 - 15h17

HGV faz parceria para melhorar fluxo de atendimento dos pacientes com estomias temporárias


Compartilhar Tweet 1



O Hospital Getúlio Vargas (HGV) vai realizar uma parceria com a Universidade Estadual do Piauí, por meio da coordenação da residência de Coloproctologia e especialização em Estomaterapia, com a Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Estadual da Saúde, Hospital Universitário (HU) para agilizar o atendimento dos pacientes com estomias intestinais.

A reunião para definir fluxos e mecanismos de referência e contrareferência dos pacientes aconteceu nesta quinta-feira (21/10) com representantes de todos esses órgãos.

No Piauí há cerca de 700 pacientes com estomias temporárias que precisam de atendimento nessa área. “Com essa parceria, vamos intensificar o atendimento desses pacientes aqui no HGV, disponibilizando um horário em que os Coloproctologistas e residentes vão avaliar e selecionar esses pacientes para a cirurgia com intui de diminuir a fila, que hoje está em torno de 700 pessoas.

Vamos dar celeridade na reconstrução de trânsito intestinal para que esses pacientes possam ter uma qualidade de vida melhor e não fiquem, além do tempo necessário, com essas bolsas”, explica o diretor do HGV.

A professora da UESPI, Sandra Marina, explica que os pacientes com estomias temporárias precisam ser avaliados periodicamente. “Com essa parceria, nós vamos recadastrar todos os pacientes com estomias, os que têm estomias temporárias serão encaminhados para o coloprotologista para saber quem tem condição clínica e interesse para fazer a reconstituição de trânsito e, em parceria, vamos melhorar o fluxo dessas pessoas que precisam desse atendimento”, explica a coordenadora da Pós-graduação de Estomaterapia da UESPI.

Participaram também da reunião, o presidente da Fundação Municipal de Saúde, Gilberto Albuquerque, representantes da Secretaria de estado da Saúde e Hospital Universitário, diretor Clínico do HGV, Aderivaldo Andrade; diretor clínico do Centro Integrado de Saude Lineu Araujo; gerente de Enfermagem do HGV, Nirvania Carvalho, coordenador da residência em Coloproctologia, Miguel Arcoverde. além dos médicos preceptores da residência da UESPI/HGV.


Fonte: Governo do Piauí

Comentários