Projeto Mude a Curva · 08/06/2021 - 11h39 | Última atualização em 08/06/2021 - 13h36

HGV e Hospital Infantil realizam mutirão de cirurgias para crianças e adolescentes


Compartilhar Tweet 1



O Hospital Getúlio Vargas (HGV), em parceria com o Hospital Infantil Lucídio Portela (HILP), solicita que pais e responsáveis levem as crianças e adolescentes com deformidades na coluna e que estejam na fila de espera aguardando cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS), ao Ambulatório Integrado Dirceu Mendes Arcoverde (Prédio Azul) no dia 15 de junho, a partir das 7h. O objetivo é a avaliação destes pacientes para um mutirão cirúrgico a ser realizado no mês de agosto.

A iniciativa faz parte do Projeto Mude a Curva, uma ação integrada da Associação Brazilian Spine Study Group (BSSG), com o apoio da NuVasive, empresa de dispositivos médicos, e participação de profissionais voluntários, dentre ortopedistas, anestesistas e eletrofisiologistas, que irão realizar cirurgias para tratamento das deformidades na coluna.

O diretor-geral do HGV, Osvaldo Mendes, explica que, neste primeiro momento, as crianças e adolescentes passarão por uma triagem para análise do caso e o tipo de tratamento que serão submetidas. “Após a consulta no dia 15, as crianças e adolescentes selecionados serão operados em agosto”, explica o gestor.

De acordo com o cirurgião ortopédico, Alexandry Carvalho, no dia 15 de junho, as crianças e adolescentes que estão aguardando na fila por este procedimento e que foram previamente convocadas pelo HGV, devem comparecer ao Ambulatório Azul, com os exames já realizados, documento de Identificação e o Cartão do SUS. “As crianças que não foram convocadas também devem comparecer ao local, pois serão incluídas no mutirão, dependendo do caso”, explica o médico.

Participarão do Projeto, os cirurgiões especialistas em coluna do HGV, Ayrana Aires, Anderson Carvalho, Frederico leite, Hugo José, Wilson Rodrigues e Alexandry Carvalho (Lineu Araújo) e os médicos fundadores do grupo BSSG, Carlos Romeiro (Recife-PE), Fernando Herrero (Ribeirão Preto – SP), Ricardo Acácio (Joinville- SC), Murilo Daher (Goiânia-GO), Rodrigo Amaral e Raphael Pratali (São Paulo-SP).


Fonte: Governo do Piauí

Comentários