Desde 22 de março de 2017 · 19/02/2018 - 16h05 | Última atualização em 19/02/2018 - 16h29

Caso do ex-vereador Emídio Reis está na 'mesa' de juíza há quase um ano sem data para ir a júri


Compartilhar Tweet 1



Mesmo em face de um crime bárbaro, como o foi o do então vereador Emídio Reis, o caso encontra-se concluso para a juíza responsável pela 5ª Vara da Comarca de Picos, Nilcimar Carvalho, desde 22 de março de 2017.

Há quase um ano, portanto.

Em julho de 2016, a sentença de pronúncia da juíza informando que os acusados, entre eles o então vice-prefeito de São Julião José Francimar Pereira, estavam aptos para ir a julgamento foi derrubada pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) por excesso de linguagem. 

Após novas formalidades no âmbito processual, o caso está novamente concluso para a magistrada.

Emídio Reis da Rocha foi morto em emboscada - sequestrado, agredido com um soco inglês, vítima de dois tiros, sendo um na nunca. E ainda por cima foi enterrado vivo.

A motivação seria as denúncias contra políticos do naipe de Francimar Pereira. 

 

Emídio Reis
Emídio Reis  

 


Fonte: Blog Bastidores/180graus

Comentários