Caso é enviado à Procuradoria · 18/05/2020 - 01h18 | Última atualização em 18/05/2020 - 20h43

Prefeito de São José do Peixe pagou ao menos R$ 421 mil para posto do vice-prefeito da cidade


Compartilhar Tweet 1



Uma denúncia anônima acabou por fazer com que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) confirmasse - caso julgado esse ano, que a Prefeitura de São José do Peixe contratava o posto de combustível do próprio vice-prefeito, Lindon Átila Lira de Carvalho. O prefeito responsável é Waldemar dos Santos Barros.

Órgãos técnicos da Corte de Contas constataram que no decorrer do exercício de 2017 a prefeitura pagou exatos R$ 421.354,72 para o posto Passagem da Canoa LTDA, que segundo dados pesquisados à época junto à Receita Federal, confirmavam que a empresa pertencia ao vice do município. 

A defesa chegou a alegar nos autos que o posto mais próximo da cidade não pertencente ao vice estaria localizado a 120 km. Contudo um dos relatórios informa que em consulta aos postos de combustíveis localizados nas proximidades da sede municipal, o aplicativo “Google Maps” aponta que existe posto de combustível a menos de 3 Km de distância.

    Reprodução de imagem que consta de relatório técnico do TCE-PI, com localização de alternativas
    Reprodução de imagem que consta de relatório técnico do TCE-PI, com localização de alternativas

 

Leia matéria completa. 

 


Comentários