Acusados de abuso de poder · 16/01/2019 - 08h10 | Última atualização em 16/01/2019 - 08h37

Juiz determina cassação do diploma do prefeito e vice de São João do Piauí


Compartilhar Tweet 1



Em decisão nos autos da Ação de Investigação Judicial Eleitoral movida pelo candidato José Alexandre Costa Mendonça, o juiz Maurício Machado Queiroz Ribeiro, da 20ª Zona Eleitoral, determinou a cassação do diploma do prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos Modesto e do seu vice, Dante Ferreira Quincas, acusados de abuso de poder nas eleições municipais de 2016. As informações são do Blog Apoliana Oliveira.

    Na foto, o prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos

A sentença publicada nesta terça-feira (15/01) declara ainda a inelegibilidade de Gil Carlos e Dante por 8 anos, a contar da data do pleito. Mesma condenação aplicada ao deputado estadual Limma, ex-secretário de Desenvolvimento Rural, o ex-presidente da Fundespi, Vicente Sobrinho, e o ex-diretor do Departamento de Estradas e Rodagens, José de Araújo Dias. 

    O deputado estadual Francisco Limma e o ex-presidente da Fundespi, Vicente Sobrinho

 

 


Comentários