Baseado no número de boletins · 13/07/2020 - 20h32

Registro de crimes contra a mulher no Piauí tem redução de 14%


Compartilhar Tweet 1



A Secretaria de Segurança Pública, através do Núcleo de Estatística da Secretaria de Segurança, informa os números de registro de crimes nas Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher no Piauí referentes ao período de 1º de janeiro a 30 de maio deste ano. De acordo com levantamento do setor, no período foram registrados 1.880 boletins de ocorrência, contra 2.197 no mesmo período de 2019, uma redução de 14,43%.  As informações são do Canal 121.

De janeiro a março as DEAMs registraram em 2020, 1.245 boletins e em 2019 – 1.355. Nos meses de abril e maio de 2020 foram 635 boletins registrados, e em 2019 – 842. Em maio de 2020, houve uma redução de 13,30% em comparação a maio de 2019. Ainda segundo o levantamento foram registrados em todo o Estado, de janeiro a maio deste ano, 07 crimes de feminicídios, no mesmo período em 2019, ocorreram 13 casos.

De janeiro a maio de 2020, foram 341 acionamentos do botão do pânico no aplicativo Salve Maria. Em 2019, esse número foi menor 21,35% no mesmo período, com 281 registros. Analisando os meses com isolamento social o estudo revela um aumento dos registros feitos pelo aplicativo Salve Maria em relação ao ano passado. De março a maio de 2020, o aplicativo registrou 263 acionamentos do botão do pânico, número maior que o ano de 2019, com 147 acionamentos, uma média mensal de 87 registros.

O estudo foi baseado na quantidade de boletins registrados e teve como fontes o Sistema de Boletins de Ocorrência (SISBO) e o SINESP PPE, ambos da Polícia Civil.

Neste momento de pandemia, a Secretaria de Segurança reforça a importância do isolamento social, ampliando também os serviços para notificação de crimes, como o uso do 190, através da Polícia Militar e pela Delegacia Eletrônica (http://dv.pc.pi.gov.br/index.php).

 


Fonte: Canal 121/ Com informações da Ascom/SSP-PI

Comentários