Ex não aceitava separação · 26/02/2020 - 16h26 | Última atualização em 26/02/2020 - 17h10

Professora é assassinada por ex-marido na frente dos dois filhos


Compartilhar Tweet 1



Era fim de tarde de segunda-feira (24/02), quando a professora Shellyda Santos Duarte tentava sair de carro com sua mãe e os dois filhos, quando foi um carro parou em frente à garagem e impediu sua passagem. Ela saiu para ver o que acontecia, quando uma pessoa disparou seis tiros contra o seu tórax e abdômen. Socorrida por uma ambulância, ela não resistiu aos ferimentos. O caso aconteceu na cidade de Luziânia (GO). As informações são da Revista Fórum

O autor do feminicídio, segundo a Polícia e as testemunhas do assassinato, é o serralheiro Márcio Ordones da Silva, ex-marido de Shellyda e pai dos seus dois filhos.

Segundo a mãe da vítima, Ordones nunca aceitou o fim do relacionamento do casal, que ocorreu há cinco anos. A testemunha também disse que, antes de fugir, o assassino prometeu que também mataria “a outra pessoa”, em referência a um suposto novo namorado de Shellyda.

A delegada Dilamar de Castro, da Polícia Civil de Goiás, também disse que o caso de Márcio era conhecido devido às reiteradas denúncias contra ele por violência doméstica, e por ameaças após o casamento, que levaram a Justiça a colocar nele uma tornozeleira eletrônica, após ele descumprir uma medida de proteção a favor da professora.

A investigadora também comentou o rumor de que Shellyda estava grávida, e que isso poderia ser uma das razões do crime, mas afirmou que é preciso um laudo pericial para confirmar essa informação.


Comentários