Acusado de homicídio · 13/06/2018 - 10h31 | Última atualização em 13/06/2018 - 10h32

Presidiário é transferido de penitenciária após ameaçar juiz e delegado


Compartilhar Tweet 1



O presidiário, João Silvino de Sousa, acusado de ser o mandante do crime de latrocínio que vitimou Raimundo Marcelino de Carvalho, ocorrido em junho de 2017, no município de São João da Canabrava, será transferido da penitenciária, José de Deus Barros, em Picos.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK

A ordem de transferência foi autorizada pela Delegacia Geral de Polícia Civil do Piauí, após o detento ameaçar o juiz de Direito e delegado de polícia.

João Silvino será transferido para o presídio de São Raimundo Nonato. Ele foi preso em abril deste ano em sua residência durante uma operação policial na cidade de Bocaina. No local foi encontrado um revólver calibre 38 e um colete a prova de balas.

    Divulgação

Segundo informações do delegado Agenor Júnior, a transferência de penitenciária vai colaborar para a continuidade das investigações.

 “Diante destes fatos foi comunicado à Delegacia Geral, em Teresina, e foi solicitado pela instituição a transferência do preso João Silvino de Sousa para a unidade de São Raimundo Nonato pela segurança de todos aqui e pela continuidade das investigações”, afirmou o delegado.

Nas investigações, João Silvino é apontado como mandante do crime de latrocínio.


Fonte: Com informações do portal Folha Atual

Comentários