Estava no quarto dos sogros · 12/04/2021 - 11h59

Policial reage a assalto e atira em ladrão ao vê-lo esfaqueando seus sogros


Compartilhar Tweet 1



Um policial militar de 33 anos reagiu a um assalto em sua casa na madrugada desse sábado (10/04) ao flagrar o ladrão no quarto de seus sogros esfaqueando os dois, o homem de 52 anos e a mulher de 57. A reportagem é do O Livre. 

O crime ocorreu no centro de Primavera do Leste (240 km de Cuiabá), por volta das 2h20.

Versão do suspeito

Segundo o relato do suspeito, ele entrou na casa escalando o muro da residência e subindo no telhado, que deu acesso à janela do banheiro de um dos quartos da casa, que estava apenas encostada e abriu facilmente.

Ele entrou no quarto do casal, que estava dormindo, e com uma faca de cozinha, acordou a vítima de 52 anos e anunciou o assalto, exigindo dinheiro e objetos de valor.

Assustado, o morador tentou tomar a faca das mãos do ladrão, que começou a esfaqueá-lo.

Durante os golpes, segundo o relato do suspeito à polícia, outro membro da família abriu a porta do quarto e reagiu ao assalto atirando nele, que afirmou ter parado de esfaquear a vítima, que estava caída no chão, e se rendido. Após isso, ele disse não se lembrar de mais nada.

Versão da vítima policial

O membro da família citado pelo suspeito é policial militar e genro do dono da casa. Ele disse aos policiais que atenderam a ocorrência que estava dormindo com sua esposa em um dos quartos da residência quando acordou com os barulhos vindos do quarto dos sogros.

Rapidamente, ele pegou sua arma e foi até o quarto dos sogros ver o que estava acontecendo. Ao chegar no quarto, ele encontrou o suspeito com uma faca esfaqueando seu sogro, que já estava caído no chão, bastante ferido e ensanguentado.

Ele viu o pai de sua esposa se defendendo com as duas mãos, braços e antebraços e disse ter verbalizado para o suspeito para cessar as agressões.

Nesse momento, segundo o policial, o suspeito teria ido na direção dele com a faca na mão, então, em legítima defesa, ele reagiu atirando uma única vez, atingindo o suspeito.

Após ser atingido, o suspeito ainda arremessou a faca contra o policial, mas não o atingiu. O militar, então, ordenou que ele se deitasse no chão e acionou a Polícia Militar.

À equipe que atendeu a ocorrência, o policial vítima disse que a sogra também foi ferida pelo suspeito com a faca e que os dois sogros foram socorridos por outro membro da família e encaminhados para um hospital.

Prisão

A Polícia Militar foi até a casa e encontrou o policial militar rendendo o suspeito, que estava caído no chão com uma perfuração de tiro nas costas.

O Serviço de Atendimento Móvel e Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou o suspeito para um Pronto Atendimento Municipal, onde ele recebeu atendimento médico e depois foi liberado.

Apesar de algumas divergências nas duas versões, os policiais viram que ficou clara a tentativa de assalto e de tirar a vida da vítima por parte do suspeito, então assim que ele recebeu alta médica, foi preso pela tentativa de latrocínio e encaminhado para a delegacia.

Comentários