fazendeiro assassinado a tiros -

PM se suicidou após matar fazendeiro; mulher da vítima teria mandado amante cometer o crime

A Polícia Civil de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, busca informações sobre o paradeiro de Elisângela Silva Paião, de 47 anos, esposa de um fazendeiro assassinado a tiros, no último sábado (24/09), quando estava internado na Santa Casa da cidade. As informações são do R7.

O produtor rural Ailton Braz Paião, de 54 anos, foi morto pelo policial militar Marcos Francisco do Nascimento, de 30, que se matou em seguida. Conforme a investigação, o PM seria amante de Elisângela e, três dias antes, já teria tentado matar o marido dela em uma emboscada. Para a polícia, Elisângela é cúmplice do criminoso. Ela teve a prisão decretada e é considerada foragida.

Ele foi à Santa Casa da cidade, onde o fazendeiro estava internado, se identificou como policial  com o pretexto de investigar o caso, foi em direção ao leito e disparou contra Paião

Receba notícias do 180graus no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: t.me/noticias180graus.

PostMídia: (86) 9 9547-8622

Comentários