Dados da Polícia Militar -

PM registra queda em furtos, roubos e alta no número de apreensões de armas no Centro de Teresina

A Polícia Militar do Piauí divulgou, nesta segunda-feira (20/11), os dados relacionados aos primeiros 15 dias da “Operação Fim de Ano”, realizada em áreas que, nesta época do ano, necessitam de policiamento mais intenso, devido ao aumento da circulação de pessoas. 

Foto: Reprodução

Na primeira quinzena de novembro, na área do 1° Batalhão, que corresponde também ao Centro comercial de Teresina, houve uma queda no número de furtos, roubos, crimes contra o patrimônio, além do aumento de prisões e apreensões de arma de fogo, resultados obtidos após a intensificação da presença policial.

De acordo com o balanço, cerca de 464 ocorrências foram atendidas, um aumento de 2,2% em relação ao mesmo período do ano passado (454). Além disso, três armas de fogo foram recuperadas nos primeiros 15 dias de novembro, uma alta de 100% com relação a 2022, que não teve registro de operação.

Ainda segundo os dados, o número de veículos roubados teve uma  queda de 37,5%. Neste ano foram 10 casos e 16 no mesmo período do ano passado. Nos índices dos crimes violentos contra o patrimônio foram 25,81%  (23 casos contra 31 registros no passado). O número de furtos também caiu 54,55% (10 casos contra 22 de 2022).

O chefe do Departamento Geral de Operações (DGO) da PM, coronel Jacks Galvão, ressalta que a ação será ainda mais intensificada nos próximos dias, principalmente em áreas comerciais devido ao aumento do fluxo de pessoas, época em que os lanceiros costumam agir com mais intensidade.

“Desde o dia 1º de novembro iniciamos a Operação Fim de Ano, onde reforçamos o policiamento de todas as áreas comerciais, centros, locais de grande fluxo de pessoas, que já visando as compras de final de ano, buscam essas áreas. A SSP e PM intensificam todas as modalidades de policiamento, proporcionando maior presença das nossas guarnições. À medida que forem se aproximando as datas festivas de fim de ano, nosso reforço será ampliado por todo Piauí”, reforça o militar.

O balanço mostra ainda que nos primeiros 15 dias de novembro, na área do 1 º BPM, houve um aumento no número de prisões/apreensões, com 20 casos, uma alta de 150% com relação a 2022 (oito). Os registros de termo circunstanciado de ocorrência (TCO) também aumentaram em 100% (sete). O levantamento demonstra ainda um acréscimo de 490,80% nas apreensões de drogas ilícitas, em até sete ocorrências, com 1,54 kg de entorpecentes (261g em 2022).

A operação está entre as estratégias adotadas pela Secretaria da Segurança Pública para combater a ação de lanceiros, dentre outras práticas delituosas nos centros comerciais da capital e do interior do Piauí devido à proximidade das festas de fim de ano, época em que muitas pessoas vão às compras.

Fonte: Governo do Piauí

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco