Dark web -

PF prende suspeito de estuprar menina e divulgar vídeos do crime

A Polícia Federal (PF) prendeu, na manhã desta terça-feira (24/01), um homem de 25 anos suspeito de cometer estupro de vulnerável contra uma adolescente de 13 anos, e compartilhar arquivos ilícitos do crime na dark web – camada da internet que não pode ser acessada por meio de mecanismos de busca comuns, como o Google. Com informações do Metrópoles.

Policiais cumpriram um mandado de prisão preventiva e outro de busca e apreensão em Canindé, no Ceará.

Na operação, denominada Sorriso Macabro, a PF apurou que o homem estuprava a adolescente e divulgava arquivos relativos aos crimes na camada obscura da web, desde 2022, em fóruns com temática de abuso sexual. A investigação contou com a cooperação internacional da Interpol.

O suspeito foi preso na manhã desta terça e pode responder pelos crimes de produção, armazenamento e difusão de material pornográfico envolvendo criança ou adolescente, e estupro de vulnerável. A pena pode chegar a 33 anos de prisão.

As investigações continuam com análise do material apreendido. O nome da operação remete à postura do suspeito nos vídeos obtidos pela PF durante o processo de apuração dos crimes.

Comentários