Condutor teria fugido · 22/10/2021 - 12h16 | Última atualização em 22/10/2021 - 12h59

Ônibus com candidatos do concurso da Funsaúde tomba e deixa quatro mortos e 34 feridos; vídeo


Compartilhar Tweet 1



Pelo menos quatro pessoas morreram e 38 ficaram feridas após o tombamento de um ônibus no KM 301 da BR-222, em Tianguá, na Serra da Ibiapaba, na madrugada desta sexta-feira (22/10). O veículo já havia sido autuado no último mês de setembro, em Sobral, no Norte do Ceará, por "trafegar em mau estado de conservação" e precisou ser escoltado para conserto. As informações são da Polícia Rodoviária Federal (PRF). As informações são do Diário do Nordeste.

Segundo informações do órgão, as vítimas saíram do Maranhão com destino a Fortaleza, onde fariam o concurso público da Fundação Regional de Saúde (Funsaúde) neste fim de semana.

Veja o vídeo:

Ao todo, 34 pacientes foram atendidos no próprio município, e outros quatro foram levados para Sobral. 

Duas delas tiveram o óbito confirmado ainda no local e outras duas chegaram a ser encaminhadas a uma unidade de saúde, mas também não resistiram aos ferimentos.

"Também há confirmação de que o condutor teria fugido do local e que o ônibus havia sido fretado pelos passageiros que estariam se dirigindo a Fortaleza para realização de prova de concurso público durante o final de semana", detalhou.

RESGATE

Os primeiros atendimentos  às vítimas foram feitos por profissionais de saúde que estavam em outro ônibus e passavam pelo trecho do acidente. 

Segundo a Prefeitura, 20 passageiros deram entrada no Hospital e Maternidade Madalena Nunes, em Tianguá. Outros 14 são atendidos na Unidade de Pronto Atendimento (Upa) do município. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do grupo e identificação. 

Quatro vítimas fora enviadas para a Santa Casa de Misericórdia, em Sobral. Segundo a instituição, não há risco de óbitos. Dois pacientes sofreram fraturas e o resto aguarda para realizar exames de imagens. 

A PRF alertou em nota que o acidente provocou o bloqueio total da pista e o fluxo de veículos está sendo por equipes do órgão.  

SOBREVIVENTES

Segundo a psicóloga Tatiele Cristine Silva Lobão, uma das passageiras, o ônibus saiu do Maranhão por volta de 15h dessa quinta-feira (21). Com ferimentos no braço e no pé, ela relatou que não lembra exatamente como o acidente ocorreu.

"Eu não lembro de muita coisa. Era de madrugada e estava todo mundo dormindo. A gente só viu quando o ônibus começou a balançar e caiu". 

A fisioterapeuta Paula Samanta Moreira de Matos, detalhou que sentiu "cheiro de queimado" antes do tombamento do veículo. 

"Eu estava dormindo e acordei sentindo cheiro de queimado. Quando falei que estava fedendo a queimado, automaticamente o ônibus já virou. O nosso medo era de cair dentro da serra, eu estava desesperada", conta a profissional que tem escoriações no braço e no pé. 

Ainda conforme Paula, havia candidatos dos municípios de Barra do Corda, Presidente Dutra e Caxias, no Maranhão, estado de origem do ônibus, além de Teresina, no Piauí. 

'PROFUNDO PESAR'

Via redes sociais, o governador Camilo Santana lamentou o acidente e prestou solidariedade aos concurseiros. O chefe do Executivo estadual ressaltou que está "prestando todo o atendimento necessário às vítimas. Meus sentimentos de profundo pesar", concluiu. 

Comentários