7 anos em regime semiaberto · 13/01/2022 - 08h21

Mulher é condenada por esfaquear outra após ciúme de namorado


Compartilhar Tweet 1



O Tribunal do Júri de Ceilândia condenou Dayanne da Silva Dias por tentar matar uma mulher que conversava com seu ex-namorado. De acordo com a decisão, divulgada na terça-feira (11/01), ela deve passar sete anos na prisão, em regime semiaberto. A sentença é de 1ª instância e a mulher poderá recorrer da sentença em liberdade. As informações são do Metrópoles.

O crime aconteceu em julho de 2018 em uma distribuidora de bebidas, na região norte de Ceilândia. De acordo com os investigadores, a vítima foi atingida na região da clavícula, no braço esquerdo e na cabeça.

Dayanne entrou no local repentinamente e derrubou a mulher no chão. Na sequência, esfaqueou a vítima, que conseguiu levantar e correr.

Para o Ministério Público do DF, a tentativa de homicídio teve motivação torpe por conta de um sentimento possessivo que Dayanne tinha em relação ao ex-namorado. Além disso, o crime teria acontecido apenas porque o homem falava com a outra mulher.

A acusação do MPDFT também indicou que o crime cometido ocorreu por meio de recurso que dificultou a defesa da vítima, uma vez que a agressão era totalmente inesperada.

Inicialmente, Dayane foi sentenciada a pena de 14 anos e três meses. Entretanto, o juiz Tiago Pinto Oliveira considerou que “não houve tecnicamente perigo de morte” e diminuiu a sentença para sete anos.

 

Comentários