Clima é de revolta na região · 18/10/2020 - 09h18 | Última atualização em 18/10/2020 - 12h52

Jovem é morto durante confronto entre polícia e assaltantes de bancos no Norte do Piauí


Compartilhar Tweet 1



Um homem morreu na noite deste sábado (17/10) após ser baleado no povoado Matões, zona rural de Miguel Alves, Norte do Piauí, durante confronto entre policiais e assaltantes de bancos. As informações são do Clique União.

A vítima foi identificada como Walvestre Alves Mendes, de 26 anos, que morava no próprio povoado. Ele teria sido baleado por um policial após não obedecer uma ordem de parada.

O jovem foi baleado por volta das 19h. O disparo atingiu o tórax e atravessou o corpo. Ele foi socorrido pela própria viatura da polícia, mas chegou ao Hospital de União sem vida. Em seguida, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), em Teresina.

A suspeita é que a vítima tivesse problemas mentais, mas familiares próximos negaram. O clima é de revolta na região.

"Ele não tinha problemas mentais. Ele era um rapaz bom de saúde. Isso tem que ter Justiça, porquê ele não era bandido. Isso foi uma covardia, mataram um inocente", desabafou um familiar.

Walvestre Alves Mendes tinha 26 anos
Walvestre Alves Mendes tinha 26 anos    Arquivo pessoal

Por meio de nota, a secretária de Segurança Pública do Piauí informou que a vítima foi baleada durante confronto entre a polícia e os suspeitos de assaltos a bancos na noite desse sábado (17/10).

Veja na íntegra: 

O Secretário de Segurança Pública , Cel Rubens Pereira e o Comandante Geral da PMPI, Cel Lindomar Castilho estão em deslocamento de Teresina para o local do confronto com os acusados de roubar a agência bancária de Miguel Alves, para avaliar a situação.

Ontem (17) por volta das 22hs houve mais um confronto após os criminosos invadirem um povoado na tentativa de fazer refém os moradores, durante um confronto uma pessoa morreu, ainda está sendo identificado. Na última sexta um policial da BRONE foi ferido, mas está bem.

Entenda o caso

Bandidos explodiram a parte interna de uma agencia bancária no município de Miguel Alves e fugiram levando dinheiro e reféns. Os suspeitos estavam fortemente armados, mas os reféns foram liberados logo em seguida sem ferimentos. Dois veículos foram queimados na zona rural de União. A Polícia faz buscas na região com ajuda de drones e helicóptero.

Na segunda-feira (05/10), familiares deram como desaparecido um homem que saiu de casa para trabalhar na roça na localidade Santiago e não retornou para casa. A família suspeitava que ele estaria em poder dos assaltantes que fugiam da Polícia após assaltarem um banco em Miguel Alves.

Na madrugada desta quarta-feira (14/10), um homem foi morto em troca de tiros com a Polícia na localidade São Romão, zona rural norte de União. Segundo a Polícia Militar, o homem é um dos envolvidos no assalto ao Banco do Brasil de Miguel Alves. Não há informações sobre a identidade do suspeito morto.

Na manhã deste sábado (17/10), o  delegado Tales Gomes, Coordenador do Greco, confirmou que um dos policiais foi baleado na perna e disse que mais policiais foram enviados para a região.


Comentários