Foi preso por crime anterior -

Homem é acusado de forja o próprio sequestro após gastar pagamento com bebida em Teresina

Um homem é acusado de fingir ter sido sequestrado para sua própria família após gastar todo o dinheiro que tinha com bebidas. Entretanto, sua suposta farsa foi descoberta pela polícia, resultando em sua prisão, pois havia um mandado de prisão contra ele.

Segundo informações da Polícia Civil, o homem desapareceu após sair do trabalho em um shopping de Teresina, por volta das 23h de terça-feira (06/02), no mesmo dia em que havia recebido seu pagamento.

Na noite seguinte, a esposa recebeu mensagens do celular dele, alegando que ele havia sido sequestrado por uma facção criminosa e exigindo dinheiro, entre R$ 500 e R$ 2 mil, para sua libertação. No entanto, a quantia não foi paga.

Diante da situação, a família procurou o Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para relatar o desaparecimento. A investigação policial logo revelou a existência de um mandado de prisão contra o homem, em razão de uma condenação por roubo majorado ocorrido em 2016, na própria Teresina.

Na manhã seguinte, o homem entrou em contato com a família, alegando ter sido liberado pelos criminosos na estrada entre Altos e Teresina, e retornou com sua motocicleta e o celular.

Durante seu depoimento à polícia, o homem confessou que, após sair do trabalho, decidiu ir beber e gastou todo o seu dinheiro com bebida. Alegou também não se lembrar das mensagens que enviou se passando por sequestradores, atribuindo suas ações ao "efeito da bebida".

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco