Caso no Norte do Piauí · 22/02/2020 - 17h10 | Última atualização em 22/02/2020 - 17h16

Demora no socorro do filho de ex-prefeito pode ter contribuído com sua morte


Compartilhar Tweet 1



O grave acidente aconteceu na noite da última quarta-feira (19) na PI-331 na altura do povoado Rua Dez, zona rural de Boqueirão do Piauí. A vítima identificada como Nego Barbosa era filho do ex-prefeito de Boqueirão do Piauí Gervásio Barbosa. As informações são do Campo Maior em Foco.

Segundo informações, Nego Barbosa pilotava sua motocicleta quando colidiu frontalmente com um cavalo na rodovia.  A vítima foi socorrida por uma ambulância do município de Boa Hora e encaminhada para o Hospital Regional de Campo Maior, mas não resistiu e faleceu.

De acordo com o ex-Prefeito Gervásio Barbosa, pai da vítima, a demora do socorro teria contribuído para a morte de Nego Barbosa, pois o rapaz teria esperado duas horas após o acidente para ser socorrido.

“Eu entendo que a morte do filho foi fatal, porém a maior mágoa que tenho dentro do meu coração, é que meu filho passou duas horas esperando a ambulância, e quando apareceu foi a ambulância do município de Boa Hora. O apelo que eu faço é que as autoridades deveriam investir nas prioridades do município, do que em festas, meu filho não voltar mais, mas o apelo que eu faço é que outras famílias não passem pela mesma revolta que eu estou passando, eu quero que essa mensagem se espalhe meu filho morreu por irresponsabilidade das autoridades do município”, relata o ex-prefeito.

A vítima retornava do povoado Rua Dez onde trabalhava em um açougue e seguia para sua residência na comunidade Maternidade, zona rural do município de Nossa Senhora de Nazaré. A família lamenta o ocorrido, e faz apelo por melhorias na saúde do município.


Comentários