Suspeitos de homicídios · 10/04/2021 - 16h28 | Última atualização em 10/04/2021 - 18h55

Chefes de quadrilha interestadual são presos em operação no litoral do Piauí


Compartilhar Tweet 1



Uma ação integrada da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE), realizada nas primeiras horas da manhã deste sábado (10/04), resultou na captura de dois homens apontados como chefes de um grupo criminoso atuante na cidade de Forquilha, na Área Integrada de Segurança 14 (AIS 14) do Ceará. Para prender os suspeitos, os policiais civis percorreram pouco mais de 225 quilômetro até chegar à cidade de Cajueiro da Praia, já no Piauí. Com o avanço das investigações da polícia cearense, os homens fugiram para lá, de onde continuavam dando ordens ao grupo que ficou em Forquilha. Um comparsa da dupla também foi preso, além de armas e drogas apreendidas.

    Divulgação / PCCE

O brasiliense Helder dos Santos Frota, de 30 anos, que já responde por tentativa de homicídio, roubo, furto e crime contra a administração pública, é apontado como principal chefe do coletivo criminoso originário do Rio de Janeiro que atuava em Forquilha. O homem era foragido do sistema penitenciário do Ceará. As investigações apontam que ele é suspeito de envolvimento direto ou indireto em, pelo menos, três homicídios ocorridos em Forquilha este ano. Todos os crimes estão relacionados à disputa territorial entre grupos criminosos rivais. Pesa ainda sobre Helder, a suspeita que ele é o responsável pela articulação e envio de armas de fogo e coletes para comparsas em Forquilha.

    Divulgação / PCCE

Além de Helder, foi capturado Rodrigo Viana da Silva, de 25 anos, – considerado segundo chefe do grupo em Forquilha -, que já responde por homicídio e roubo. Contra ele existiam dois mandados de prisão preventiva em aberto pelo crime de homicídio. Entre os crimes, está uma execução ocorrida em janeiro deste ano, quando a vítima foi morta enquanto participava do velório de um comparsa. Com a prisão de Rodrigo, os quatro suspeitos de participação no crime foram identificados e presos. Desta forma, o caso é considerado encerrado.

Também foi preso Yuri Roberto Mendes da Silva, 21 anos, que não registrava antecedentes criminais no Ceará. Yuri é suspeito de abrigar, no estado vizinho, a dupla foragida do Ceará. Na casa onde os três homens foram localizados, a PCCE apreendeu uma pistola calibre 380 municiada, além de cocaína, crack, balança de precisão, uma arma branca e aparelhos celulares. Diante dos fatos, o trio foi conduzido para o município de Parnaíba, ainda no Piauí, onde foi registrado o flagrante.

    Divulgação / PCCE

Durante as investigações desenvolvidas pela PCCE, os policiais identificaram que os presos são suspeitos de praticar um homicídio, no último dia 08, no Residencial Peteca III, em Piripiri, no Piauí. As informações serão compartilhadas com a Polícia Civil do Piauí, responsável pelo inquérito policial que tramita sobre o caso. Participaram das investigações e operação, policiais civis das Delegacias Municipal de Forquilha e Regional de Sobral, além da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), da Coordenadoria de Operações e Recursos Especiais (Core), com o apoio do Departamento de Inteligência Policial (DIP) da PCCE.


Fonte: PCCE

Comentários