Em Florianópolis · 18/10/2019 - 08h46 | Última atualização em 18/10/2019 - 09h29

Bolsonaro ministra aula magna do maior curso de formação da história da PRF


Compartilhar Tweet 1



A aula “Magna: adjetivo; de grande importância"  ministrada pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, na tarde desta quinta (17/10), na Academia Nacional da Polícia Rodoviária Federal (ANPRF), em Florianópolis, marcou a história da instituição em seu sentido literal. Muito mais do que boas vindas aos cerca de 1,2 mil alunos e futuros PRFs, o evento ressaltou a relevância do órgão na promoção da segurança pública hoje e no futuro do país.

Acompanhado do Ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, da diretoria da PRF e outras autoridades. O presidente, antes de falar ao corpo de alunos e convidados, inaugurou o complexo de tiro da instituição. Com uma área aproximada de seis mil metros quadrados. O complexo é o maior do país em sua categoria.

Enquanto isso, nem a chuva foi capaz de diminuir as expectativas dos alunos, PRFs e convidados, que estavam a postos na ANPRF. Além dos cerca de 1,2 mil alunos e alunas, representantes dos grupos especializados da instituição, como o Choque e Grupamento de Operações com Cães, esperavam a comitiva para aula magna.

Já no palco, as autoridades ouviram os futuros PRFs cantarem a missão da PRF de salvar vidas e proteger a sociedade por meio da Canção do Patrulheiro. Missão essa que foi enfatizada pelas autoridades em seus discursos. O Diretor-Geral da PRF, Adriano Furtado, falou sobre os valores da instituição.

“Essa é um polícia estratégica e, no final do ano, teremos mais de mil servidores formados para atender as políticas de segurança pública desse país, pois missão dada é missão cumprida”, disse Furtado. “Esses alunos estão sendo formado com os valores da instituição e governo”, concluiu.

O ministro Sergio Moro, falou sobre da valorização da PRF pelo Governo Federal. “Boa parte dos alunos não estariam aqui se o Governo não tivesse a relevante iniciativa de autorizar o número de convocados desse concurso”, afirmou Moro. “O nosso trabalho é efetivo graças ao policial da ponta, porque a PRF é mais do que apenas um polícia das rodovias federais”, completou, ressaltando que os futuros PRFs devem ter lorgulho de estarem ingressando numa polícia como a PRF, que orgulha o país.

Jair Bolsonaro falou sobre o passado e a importância dos PRFs aposentados que também marcaram presença do evento. “a união e integração vem desses colegas de cabelos brancos que lutaram por dias melhores no país”, discursou.

Na ocasião, o presidente assinou o decreto de reestruturação da PRF e sobre o projeto anticrime. “Nós lutamos então pra conseguir para vocês, entre outras coisas, um excludente de ilicitude  Não é carta branca para matar, é carta branca para não morrer. Um policial, ao enfrentar alguém armado, após esse embate o policial tem que ir para casa na certeza que será condecorado e não processado”, disse.

Já passados mais de 40 dias de CFP, a aula magna para Edmilson Lima, futuro PRF, era um momento muito esperado pelos alunos. “Eu estava ansioso, especialmente porque eu estou aqui em razão do aumento do número de convocados. Eu estava agradencendo ora em silêncio, outras vibrando com a turma”, declarou.

Para a aluna Aline Silva, a aula magna veio para renovar as energias. “Eu achava que cantava o brado com todas as minhas forças, mas hoje eu esqueci tudo e cantei ainda mais forte. Foi muito emocionante”, afirmou a aluna, que já espera a visita do presidente em meados de dezembro, quando haverá a formatura dos futuros PRFs.


Fonte: POL

Comentários