Compartilhar Tweet 1



    Ascom/FWF

Neste domingo (26) será realizada a primeira edição do ano do Festival The Vejo na Ponte, que neste mês terá como tema o Carnaval. O evento contará com apresentação de diversas atrações culturais e ainda serviços oferecidos pela Fundação Wall Ferraz, entre eles a pintura de rosto infantil, maquiagem temática e oficinas de adereços carnavalescos.

De acordo com Samara Pereira, superintendente executiva da Fundação Wall Ferraz, nas próximas três edições do The Vejo na Ponte, que acontecerão nos dias 26 de janeiro, 02 e 09 de fevereiro, o evento vai valorizar a cultura local.

“Acompanhando o tema, a Fundação Wall Ferraz estará com seus colaboradores oferecendo serviços gratuitos para todos os teresinenses”, afirma Samara Pereira, enfatizando ainda que um dos serviços mais procurados é o de pintura de rosto infantil. O órgão também dará oportunidade para aqueles que desejam aprender a fazer os seus próprios adereços.

Na parte musical O The Vejo na Ponte contará com shows da Banda Reunião de Bambas, Dandinha e Banda, Lucas Davi e Lily Araújo. O evento é totalmente gratuito e será realizado no Complexo Cultural da Ponte Estaiada, localizado na Avenida Raul Lopes, no Bairro de Fátima, na zona Leste da capital.

O The Vejo na Ponte é realizado pela Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Fundação Cultural Monsenhor Chaves (FCMC), e com apoio da Fundação Wall Ferraz (FWF).

PROGRAMAÇÃO

Dia 26/01 (domingo, a partir das 17h)

Reunião dos Bambas: 17h às 18h10

Dandinha e Banda: 18h30 às 19h40

Lucas Davi: 20h às 21h10

Lily Araújo: 21h30 às 23h

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Teresina foi um dos cinco municípios convidados pelo Ministério da Educação para compartilhar seu modelo de gestão e mostrar como vem conquistando resultados de excelência na educação nos últimos anos. O secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma, estará em Brasília no dia 10 de fevereiro.

O convite foi feito pelo secretário de Educação Básica do MEC, Jânio Carlos, que já elogiou publicamente a qualidade da educação de Teresina e acredita que o modelo deve ser replicado para todo o Brasil. O encontro em Brasília será em forma de workshop, com participação de técnicos do Ministério da Educação e somente cinco gestores de secretarias selecionadas entre as mais de 5 mil do país.

Durante o workshop, Montezuma deve compartilhar as experiências do município na superação de desafios que se apresentam na Rede, bem como os principais aspectos que contribuíram para Teresina chegar ao posto de 1º lugar em educação entre todas as capitais.

“O propósito do encontro é compartilhar experiências exitosas que as escolas da Prefeitura de Teresina realizam e que possam contribuir para o avanço da educação brasileira. O convite feito é resultado do trabalho de professores, coordenadores pedagógicos e diretores da Rede Municipal de Ensino que tem chamado atenção do Brasil”, declara Kleber Montezuma.


Fonte: Com informações da PMT
Comentar
Ato no Palácio da Cidade · 17/01/2020 - 12h25

Prefeito Firmino dá posse aos novos conselheiros do Conade-TE


Compartilhar Tweet 1



O prefeito Firmino Filho deu posse na manhã desta sexta-feira (17/01) aos novos membros do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Teresina, para o biênio de 2020-2022. A solenidade aconteceu no salão nobre do Palácio da Cidade.

“Basicamente nós temos um conselho que já tem história na cidade, não apenas estabelecendo a participação popular na observância e monitoramento das várias políticas, dos vários projetos, mas também construindo alternativas. Para nós é uma alegria fazer parte dessa história e da manutenção desta luta pela inclusão e pelo respeito aos direitos das pessoas com deficiência”, destaca o prefeito em entrevista.

Com 12 titulares e 12 suplentes, o conselho reúne representantes de seis associações que atendem pessoas com deficiência na capital, além das secretarias responsáveis pela operacionalização das definições. Eles não recebem nenhuma remuneração pelos serviços prestados, conforme previsto no Decreto Nº 19.216, de 13 de novembro de 2019, que regula as nomeações.

“Com a posse dos conselheiros o controle social novamente se afirma, a maneira paritária como o conselho é formado, com organização governamental em número igual ao de organização não-governamental, fazem com que os debates, as discussões se deem em alto tom, e o reflexo disso é a melhoria da política pública”, diz o secretário Samuel Silveira, Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi).

Do conselho, também fazem parte representantes da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel), Secretaria Municipal de Educação (Semec), Secretaria Municipal de Juventude (Semjuv) e Fundação Municipal de Saúde (FMS).

Já a Associação Piauiense pelos Direitos Iguais (APIDI), a Fundação de Apoio às Entidades de Cegos do Piauí (FACEP), Associação de Amigos dos Autistas do Piauí (AMA/PI), Sociedade de Apoio ao Deficiente Físico (SOADF), Associação Pestalozzi de Teresina e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Teresina (APAE) fazem parte do corpo de organizações da sociedade civil organizada.

Comentar
Evento acontece nessa sexta · 17/01/2020 - 08h55

Prefeitura de Teresina empossa 24 conselheiros do Conade-TE


Compartilhar Tweet 1



O Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Teresina (Conade-TE) empossa, nesta sexta-feira (17), os 24 conselheiros que devem representar o poder público e a sociedade civil no acompanhamento e elaboração das políticas setoriais direcionadas a essa população durante o biênio de 2020-2022. A cerimônia acontece no Salão Nobre da Prefeitura da capital, a partir das 11h.

O quadro de membros do CONADE contará com 12 titulares e 12 suplentes, abrangendo representantes das seis associações que atendem a pessoas com deficiência em Teresina, além das Secretarias Municipais responsáveis pela operacionalização das definições. De acordo com o Decreto Nº 19.216, de 13 de novembro de 2019, que regula as nomeações, os conselheiros não receberão qualquer remuneração por serviços prestados, sendo esses considerados de interesse público e relevante valor social.

“O Conselho tem uma competência importante na vida das pessoas com deficiência e de suas famílias. Ele zela por essa política e procura exatamente lutar por todos os direitos e legislações a nível de município, de estado e de Brasil”, destaca a secretária executiva, Deuselena Andrade. “Procura-se estar lado a lado com a pessoa com deficiência! Em respeito a este público, estaremos empossando o mandato do biênio”.

Órgão deliberativo de caráter permanente, o CONADE-TE destaca-se como o primeiro Conselho atuante na luta pelas políticas públicas para a pessoa com deficiência em Teresina. No dia 22 de março deste ano, completa 20 anos de existência.

Deuselena convida ainda toda a população a comparecer ao evento. “Queremos que todos participem desse ato público de grande importância. Nós procuraremos lutar por uma acessibilidade mais justa e mais plena, por um direito de ir e vir, como diz a nossa Constituição Federal. É essencial que a população entenda essa competência do controle social”, declarou a secretária.

Entre os órgãos públicos, cujos representantes serão empossados, estão a Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel), Secretaria Municipal de Educação (Semec), Secretaria Municipal de Juventude (Semjuv) e Fundação Municipal de Saúde (FMS).

A Associação Piauiense pelos Direitos Iguais (APIDI), a Fundação de Apoio às Entidades de Cegos do Piauí (FACEP), Associação de Amigos dos Autistas do Piauí (AMA/PI), Sociedade de Apoio ao Deficiente Físico (SOADF), Associação Pestalozzi de Teresina e Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Teresina (APAE) fazem parte do corpo de organizações da sociedade civil organizada, cujos representantes eleitos também receberão posse no evento.

Os registros da cerimônia poderão ser conferidos no site e nas redes sociais da Prefeitura de Teresina e da Semcaspi. Mais informações também podem ser obtidas diretamente com o CONADE-TE através do contato com o 3131-4749 ou com o 3131-4750. O conselho tem como sede o prédio da Semcaspi, situado na Rua Álvaro Mendes, 861, na região Centro Sul de Teresina.


Fonte: PMT
Comentar
Entre os dias 20 e 24 · 14/01/2020 - 15h55 | Última atualização em 14/01/2020 - 17h14

Colônias de Férias: Parques ambientais receberão diversas atividades


Compartilhar Tweet 1



    Ascom/Semam

No período de recesso escolar, muitos pais têm dificuldades em gerenciar o tempo livre dos seus pequenos, que tendem a ficar entediados sem o devido entretenimento. Mas uma boa alternativa são as colônias de férias que serão promovidas no Parque Ambiental Matias Matos, entre os dias 20 e 24 de janeiro, e no Parque Ambiental da Macaúba, entre 27 e 31 deste mês, sempre das 8h às 11h30. O público-alvo são crianças na faixa dos 7 aos 15 anos de idade.

A programação envolve teatro de bonecos, pintura de rosto, torneios relâmpagos, criação de esculturas com balões e outras brincadeiras que movimentam o corpo e exploram os espaços ao ar livre, além da distribuição de lanches. Todas essas atividades serão acompanhadas e coordenadas por equipes da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer (Semel).

De acordo com a Gerente de Lazer da Semel, Marinalva Pereira, as inscrições podem ser efetuadas na administração do Parque da Macaúba; no quiosque de alimentação do Gaspar, no Parque Matias Matos; e na sede da secretaria, localizada na Avenida Campos Sales, 1292, Centro. “Os pais ou responsáveis também podem fazer a inscrição na hora, nos parques ambientais, mas é interessante fazê-la antecipadamente, pois estipulamos o limite cem vagas”, explica.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), Olavo Braz, considera que o contato da meninada com a natureza, longe dos eletrônicos, possibilita um brincar mais saudável e autêntico. “Em tempos de constante imersão em aparatos tecnológicos, como celulares e computadores, também é necessário buscar incentivar o contato das crianças com a natureza, permitindo que os momentos de diversão sejam aproveitados de forma mais saudável, original e criativa. Por isso, as colônias de férias nos parques ambientais são uma boa opção para elas gastarem a energia acumulada nesse período de recesso escolar” destaca.

Parques dispõem de boa estrutura 

O Parque Ambiental Matias Matos, mais conhecido como Lagoa do Mocambinho, possui cerca de 4,9 hectares, onde estão estruturadas quadras de esportes (futebol de areia e society, badminton e basquete), ciclovias, playground, pista de caminhada, academia popular, quiosques, prédio administrativo, palco para apresentações culturais e área contemplativa no entorno da lagoa, com grana natural para oferecer mais conforto aos visitantes.

Já o Parque da Macaúba possui uma área de 7 mil metros, onde a população pode encontrar um campo de futebol bem iluminado e com alambrado, pista de caminhada, academia popular, palco para apresentações culturais e quiosques de alimentação.


Fonte: Com informações da PMT
Comentar

Compartilhar Tweet 1



Contribuindo para o plano estrutural da zona Leste de Teresina, a Gerência de Obras e Serviços da SDU Leste dará início à pavimentação da Rua 04, na Vila Paris, Bairro Samapi. A ação tem o objetivo de levar mais dignidade aos moradores da região, por meio da mobilidade urbana.

De acordo com os dados dos relatórios da Gerência de Obras, a rua receberá investimento de R$96.278,64, por meio dos recursos da emenda parlamentar.

O superintendente João Pádua afirma que a SDU tem planejado e executado ações na região com o objetivo de melhor o fluxo de veículos e de pessoas, além de proporcionar uma melhor qualidade de vida aos moradores da região.

“Sabemos da importância que um calçamento representa para uma comunidade. Por isso, vamos continuar trabalhando para concluir as obras oriundas de recursos próprios do município, assim como de emendas parlamentares, investimentos federais e recursos do Orçamento Popular. Nosso maior objetivo é proporcionar melhores condições de mobilidade urbana para a população”, afirmou o gestor.

Para o superintendente executivo da SDU, Ângelo Cavalcante, o órgão procura atuar com frentes de trabalho. “Nosso maior objetivo é promover a pavimentação em novas ruas da zona leste, priorizando o aprimoramento da mobilidade urbana da região”, disse.


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar

Compartilhar Tweet 1



    Foto: Semec

Novas oportunidades de aprendizado estão chegando para as crianças de Teresina, com a ampliação do número de vagas na Rede Municipal. A novidade, logo no início do ano, será a conclusão das obras de quatro unidades de ensino, sendo três escolas de Ensino Fundamental e um Centro Municipal de Educação Infantil.

O investimento de aproximadamente 15 milhões é em prédios novos, com estrutura moderna, salas de aulas climatizadas, pátio amplo, refeitório e espaços planejados para receber os estudantes com segurança e conforto. As unidades de ensino, previstas para serem entregues em fevereiro, estão localizadas no Residencial Sigefredo Pacheco II, Vale do Gavião; Torquato Neto, Portal da Alegria III; Parque Jacinta, na Santa Clara; e Residencial Teresina Sul.

A expansão no número de vagas segue um planejamento estratégico da Educação para atender a demandas dos novos residenciais na cidade. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, as obras estão na fase de conclusão, as escolas já possuem nomes e as aulas devem ter início com o calendário letivo de 2020.

“São mais salas de aula e novas oportunidades, com as crianças estudando próximo de casa. As estruturas grandiosas são para oferecer a qualidade na educação que Teresina merece”, declara o secretário municipal de Educação, Kleber Montezuma.


Fonte: Com informações da PMT
Comentar
Acilinara Feitosa Moura · 10/01/2020 - 09h37

Conselho Municipal de Saúde tem nova presidente


Compartilhar Tweet 1



    FMS

Tomou posse, hoje, a nova presidente do Conselho Municipal de Saúde, Acilinara Feitosa Moura. Ela assumiu o cargo após a renúncia do presidente Ivan Neves Cabral. O conselho foi criado em 1991 pela lei municipal nº 2.046. O cargo de vice-presidente do Conselho está vago e o novo representante será escolhido na próxima reunião ordinária. A primeira secretária é Sâmia Barros e o segundo secretário, Antônio José Cruz.

O Conselho Municipal de Saúde tem como missão a deliberação, fiscalização, acompanhamento e monitoramento das políticas públicas de saúde. Formado por 64 representantes dos usuários, trabalhadores da saúde, prestadores e governo. A distribuição das vagas é paritária, com 50% das vagas para representantes dos usuários, 25% para trabalhadores de saúde e 25% para prestadores de serviço e gestores.

O Controle Social, entendido como acompanhamento, fiscalização e controle das políticas públicas no SUS, tem sido fundamental na construção e no fortalecimento do SUS, pois a participação popular é garantida na constituição de 1988. “Os cidadãos têm direito e dever de participar, discutir e fiscalizar o governo das três esferas (nacional, estadual e municipal) por meio dos conselhos e conferências municipais de saúde, espaços conquistados pelas sociedades civis organizadas”, disse Francisco Pádua, presidente interino da Fundação Municipal de Saúde.

A função de Conselheiro Municipal de Saúde não é remunerada, sendo considerada de relevante interesse público, conforme legislação pertinente. O Conselho Municipal de Saúde é órgão permanente, deliberativo e normativo do SUS no âmbito municipal, que tem por competência formular estratégias e controlar a execução da política de saúde do município, inclusive nos aspectos econômicos e financeiros. Os conselheiros atuam no controle social do SUS, colaborando na construção de políticas públicas em saúde e contribuindo para a melhoria dos serviços oferecidos à população.


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar
Melhorias de sinalização · 10/01/2020 - 09h34 | Última atualização em 10/01/2020 - 15h19

Novo semáforo será implantado no bairro Real Copagre neste sábado (11)


Compartilhar Tweet 1



    Ascom/Strans

Um novo semáforo começará a funcionar no bairro Real Copagre a partir deste sábado (11), no cruzamento da Avenida União com Rua Sotero Vaz da Silveira. A mudança é uma solicitação dos moradores da região, que repassaram a demanda para as equipes de sinalização viária da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans).

A assessora técnica da Strans, Ananda Patrícia, assegura que a implantação do semáforo vai melhorar o fluxo de veículos na região. “Desde o primeiro semestre do ano passado estamos nos reunindo com os moradores da zona Norte e uma das solicitações foi essa implantação. Após estudos, concluímos que o novo semáforo vai reorganizar o trânsito e trazer mais segurança para os condutores da região”, explica Ananda.

Outra mudança na região, que iniciou nesta sexta-feira (10), foi a retirada do semáforo no cruzamento da Avenida União com a Rua Amarante, que foi substituído por sinalizações verticais e horizontais. “Foram inseridas pinturas de parada obrigatória no asfalto, tachões e placas”, completa a assessora técnica.

Melhorias de sinalização viária na zona Norte

No ano passado, a zona Norte recebeu melhorias de sinalização viária com a mudança de sentido no binário da Avenida Jerumenha e Rua Engenheiro Alves Noronha. As vias, que antes tinham sentido sul/norte e norte/sul, passaram a ter sentido norte/sul e sul/norte, respectivamente, organizando o trânsito da região e facilitando o acesso ao Terminal do Buenos Aires, que será inaugurado neste semestre.


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar
Muito mais trabalho! · 09/01/2020 - 11h52

PMT investe R$ 3,9 milhões no asfaltamento do bairro Promorar


Compartilhar Tweet 1



    Ascom/ PMT

A Prefeitura de Teresina inicia nesta sexta-feira (10) o asfaltamento de 94 ruas no bairro Promorar, zona Sul da capital. A obra, que conta com investimentos de mais de R$ 3,9 milhões, tem previsão de ser concluída em 90 dias.

De acordo com o coordenador de asfaltamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano e Habitação (SEMDUH), Daniel Pereira, a obra segue o planejamento da Prefeitura em pavimentar bairros inteiros, garantindo melhor mobilidade para toda a região beneficiada.

“Já há alguns anos o prefeito Firmino Filho determinou que não asfaltássemos ruas isoladas, como uma forma de contribuir para melhorarias de uma região como um todo e não apenas de uma única via. No Promorar, aproximadamente 18km de vias receberão pavimentação asfáltica, totalizando 100% do bairro asfaltado”, destacou o coordenador.

Na região, equipes da Superintendência de Desenvolvimento Urbano Sul (SDU) já estão atuando, garantindo a limpeza das ruas e realizando reparos nos calçamentos para receber o asfaltamento.

Daniel Pereira ainda destaca que, por conta do período chuvoso, a previsão de conclusão da obra é de 90 dias. “As ruas já estão ficando prontas para receber a pavimentação, mas a frequência e intensidade das chuvas são fatores que podem influenciar diretamente em nossas atividades, por isso temos equipes atuando diariamente para garantir eficiência na conclusão das obras”, completou.


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar
Ações socioeducativas · 09/01/2020 - 10h47

Strans disponibiliza serviço de educação no trânsito


Compartilhar Tweet 1



    Ascom/Strans

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) desenvolve o projeto Stransformando para atender empresas, organizações não governamentais, igrejas e outras instituições que desejam receber atendimento com palestras educativas sobre o trânsito. Em 2019, foram atendidas 8.525 pessoas de diversas empresas e órgãos que solicitaram o serviço.

O projeto funciona com agentes de trânsito que se deslocam até a sede dos órgãos ou empresas que solicitam esse serviço. Na palestra são utilizados materiais didáticos que ilustram situações de infrações, acidentes e outros temas com o intuito de suscitar reflexão sobre a conduta no trânsito.

O agente de trânsito Francisco Sidney é um dos integrantes do projeto e afirma que a intenção é ressaltar o comportamento correto dos condutores de veículos e as atitudes dos pedestres por meio da educação.

“Nossa temática é preservar a vida e a saúde. Nas palestras também exibimos vídeos que mostram a imprudência no trânsito, enfatizamos que é preciso ter muita responsabilidade nas vias e esclarecemos dúvidas sobre a legislação de trânsito. A intenção é sempre sensibilizar através da educação”, conta o agente.

Para solicitar esse serviço é necessário enviar ofício para a Gerência de Educação de Trânsito, localizada na sede da Strans, na Rua Pedro Freitas, 1252, bairro Vermelha, zona Sul de Teresina. Para mais informações é disponibilizado o fone 3122 7635, das 7h30 às 13h30.


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar
Muita alegria para moradores · 08/01/2020 - 10h00

Prefeitura completa a pavimentação da Vila Afonso Gil


Compartilhar Tweet 1



    Ascom/Sdu Sul

A Prefeitura de Teresina, por meio da Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU) Sul, deu início na manhã desta terça (7) à pavimentação em paralelepípedo da Rua Santa Filomena, a única da Vila Afonso Gil que ainda não tinha calçamento.

A obra foi motivo de muita alegria para os moradores, como a dona de casa Maria Jacinta Lima. “Graças a Deus, estou muito feliz. Já estava muito preocupada com a chegada das chuvas. Aqui era só lama e a gente ficava triste, porque via todas as outras ruas da vila com calçamento e só a gente que não tinha. Mas agora está todo mundo feliz. Só esperar ficar pronto”, destacou.

O superintendente da SDU Sul, Paulo Lopes, esteve no local acompanhando o início dos trabalhos e conversando com os moradores. “Era um compromisso que nós tínhamos e estamos muito contentes ao ver essa obra iniciando”, destacou o superintendente.

O investimento na pavimentação da Rua Santa Filomena é de cerca de R$ 50 mil. A previsão de conclusão de aproximadamente 30 dias.


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar
Novas oportunidades! · 07/01/2020 - 09h17 | Última atualização em 07/01/2020 - 09h22

Programa THEch está com vagas abertas para residentes em Teresina


Compartilhar Tweet 1



O Programa THEch está com vagas de emprego abertas para residentes em Teresina. O programa, que tem o objetivo de desenvolver tecnologia, inovação e espírito empreendedor na capital, está oferecendo duas vagas: uma para consultor de Community Manager e Educação e outra para recepcionista.

Em fase de desenvolvimento, o Programa THEch é uma realização da Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) e uma parceria firmada com a Softex, uma Organização Social Civil de Interesse Público (Oscip).

Para participar da seleção é necessário acessar um link oferecido pelo programa e informar alguns dados. As inscrições estão abertas até o dia 14 de janeiro. Os interessados devem acessar o link https://linktr.ee/programathech

Os requisitos para se candidatar à vaga de consultor de Community Manager e Educação são graduação completa em Administração, Ciências Políticas, Educação, Comunicação, Engenharias ou áreas afins. É desejável experiência em atividades voltadas para educação infantil, ensino fundamental e/ou ensino médio e especialização em andamento ou finalizada.

Já para a vaga de recepcionista o anúncio pede domínio do pacote Office. Também é desejável pró-atividade, iniciativa, organização, facilidade de relacionamento com público em geral e experiência prévia como recepcionista ou atendimento ao cliente.

Vale destacar que o consultor de Community Manager e Educação será contratado em regime de serviço prestado e o recepcionista será via Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Ambos vinculados inteiramente à empresa Softex.

O Programa THEch funcionará no Espaço THEch, localizado na Praça Ocílio Lago, mais conhecida como Praça dos Skatistas, na zona leste de Teresina. A inauguração do local deve acontecer ainda no primeiro bimestre deste ano.


Fonte: Prefeitura de Teresina
Comentar

Compartilhar Tweet 1



O Banco Popular de Teresina (BP), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Economia Solidária (Semest), está conseguindo transformar a vida de muitas pessoas na capital por meio das linhas de créditos oferecidas aos microempreendedores.

Durante o ano de 2019 o banco emprestou R$ 2.460.117,39, ajudando a fomentar o empreendedorismo local. No total, foram atendidos 871 empreendimentos, sendo 80% deles femininos.

Entre as categorias mais beneficiadas estão as Associações, com cerca de R$ 85.000,00 em empréstimos, seguidas de mototaxistas, fotógrafos e empreendedores do shopping da cidade. Além das categorias de artesanato, centros de produção, feira do livro, bolsa família, lavanderias comunitárias e mercados públicos, dentre outros.

Fabrycio Bomfim é fotógrafo e pediu empréstimo no Banco Popular. “Eu estava precisando trocar o meu material de fotografia, que já estava desgastado, e através do Banco Popular estou conseguindo realizar esse sonho. O processo todo foi muito rápido, em apenas sete dias após a assinatura dos papéis o dinheiro já estava na conta. Foi a melhor escolha que pude fazer, pois agora terei um material de qualidade para trabalhar e vou pagar em parcelas suaves, com juros baixíssimos. Agradeço muito a Semest e a Prefeitura por esse apoio que temos em nossos pequenos negócios”, relatou.

O microempreendedor Alexandro Barbosa, que entrou no mercado com inovação através da fabricação de batata chips de macaxeira, explicou como conheceu o Banco Popular. “Conheci o Banco no momento em que precisei atualizar a embalagem do meu produto. A ideia veio no mês de aniversário da cidade, quando decidi valorizar e divulgar fotos de pontos turísticos de Teresina na embalagem. Após a decisão, procurei a Prefeitura e fui encaminhado para o Banco Popular. Foi então que encontrei a saída perfeita para o meu empreendimento, pois consegui ótimas linhas de crédito com uma carência que viabilizou o nosso crescimento, além de completar meu maquinário e ampliar meu negócio”, disse.

O objetivo principal do Banco Popular é contribuir para a elevação do nível de renda e geração de trabalho para a população de baixa renda de Teresina. O Banco também abrange empreendedores de diversas áreas ligadas a economia solidária e criativa, como artesãos, lavanderias comunitárias e cooperativas, entre outros microempreendimentos.

Ricardo Bandeira, secretário da Semest, fala sobre a relevância do Banco. “Através do Banco conseguimos fomentar o empreendedorismo e ver o crescimento desses pequenos empreendedores em diversas áreas na nossa cidade é muito gratificante. O Banco está sempre aberto ao público para que possam ser tiradas dúvidas e para que possamos juntos buscar soluções para orientar esses empreendedores. Em 2020 estipulamos uma meta de R$ 2.600.000,000 em empréstimos para que nosso resultado final continue sendo melhorar a vida do cidadão teresinense”, concluiu.

Para fazer um empréstimo no Banco Popular é preciso se dirigir até ao Banco portando cópias e originais do RG, CPF, dados bancários, comprovante de endereço atualizado e comprovação da atividade que desenvolve. Além disso, não pode haver restrições no nome e deve contar com um avalista. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira (exceto feriados), das 8h às 12h, na Av. Campos Sales, nº 1292, Centro/Norte.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



Marcando o encerramento do ciclo natalino, a Festa do Dia de Santos Reis, realizada nesse domingo (05/01), celebrou a tradição cristã com apresentações musicais do Grupo Candieiro do Forró e da banda Valor de PI, além de espetáculo com o grupo Reisado Reis de Ouro.

A festa popular promovida pela Prefeitura de Teresina, por meio da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), celebrou o regionalismo e as crenças cristãs com o colorido das fantasias e muito forró que evidenciaram a cultura popular.

“Resgatamos essa tradição do reisado para mostrar para as pessoas a sua origem, trazendo o lado cristão e ainda o enriquecimento dessa cultura com as características nordestinas”, diz Wellington Sampaio, coordenador de Cultura Popular da FMC.

Comemorado no dia 6 de janeiro, o Dia de Santos Reis ou Dia de Reis surgiu da tradição católica que narra a visita dos três reis magos (Gaspar, Belchior e Baltazar) durante o nascimento do menino Jesus Cristo. A festa, introduzida por Portugal no período colonial, é feita por um grupo de músicos e dançarinos fantasiados que percorrem as ruas e propriedades das cidades anunciando o nascimento do Messias.

Sendo uma das mais folclóricas do país, a celebração foi marcada pelas tradições ancestrais que levaram muita animação ao público presente. Com pequenas encenações intercaladas com peças e batalhas, os personagens que representavam seres fantásticos humanizados, chamados de “caretas”, tomaram conta do Parque da Cidadania e encheram a plateia energia.

“A festa foi maravilhosa! Espero que se repita todos os anos com essa mesma animação. Fico feliz porque sinto que aos poucos estamos resgatando a dança de reis, o reisado em geral”, afirma com entusiasmo Solange Lustosa, professora que acompanhava as apresentações.

A noite encerrou com a apresentação da banda Valor de PI. Comandada por Vagner Ribeiro, o grupo levantou o público com um forró bem arretado e contagiante. Jovens e adultos deram as mãos e comemoraram a riqueza da cultura nordestina. No palco, além da banda, Maria Eduarda, de apenas três anos, fez a festa do início ao fim da apresentação. “Eu gostei muito”, comenta.


Fonte: Com informações da Semcom
Comentar

Compartilhar Tweet 1



Iniciando as ações de zeladoria na zona Leste de Teresina, a Gerência de Serviços Urbanos da SDU Leste já está executando a limpeza de seis bairros nesta segunda-feira (06/01). A ação integra uma das forças de trabalho da Superintendência que tem como missão executar serviços de melhorias estruturais e de conservação na região.

A manutenção de viveiros, serviços de poda de árvores, capina e também o processo de transplantio em alguns pontos considerados áreas verdes estão sendo providenciados pela equipe nos seguintes bairros: São Cristóvão, Anita Ferraz, Esplanada do Uruguai, São João, Fátima e Ininga.

Nos bairros, as principais avenidas e ruas recebem os serviços de limpeza, dentre elas: Avenida João XXIII, Avenida Raul Lopes, Nossa Senhora de Fátima, Avenida Universitária, Rua das Pedrinhas e Fernando Pires Leal. Além disso, a equipe de limpeza está atuando no Parque Raul Lopes e Praça do Skate.

Sobre os serviços desempenhados pela Gerência de Serviços de Urbanos, o gerente Renato Lopes explica que a ação é feita por etapas para garantir a manutenção de todos os espaços públicos da região. “A gerência de limpeza destina frentes de trabalho para realizarem a manutenção de viveiros e serviços de poda de árvores. Estamos atuando com trabalhos intensos para proporcionar uma melhor qualidade de vida para os moradores da região”, declarou.

A SDU reforça que a população pode ajudar no auxílio da limpeza dos espaços públicos e também privados. “Atualmente, a cidade de Teresina tem uma cobertura dos serviços de coleta domiciliar de forma eficiente. Ainda assim, solicitamos também o apoio da população no sentindo de fazer o acondicionamento do lixo de maneira correta e também em evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas”, afirmou João Pádua, superintendente da SDU, ressaltando que os serviços de limpeza têm sido um ponto importante da gestão municipal.

Comentar
Diversão para a família · 04/01/2020 - 13h11 | Última atualização em 04/01/2020 - 14h41

Conheça os parques ambientais de Teresina: lazer e qualidade de vida para população


Compartilhar Tweet 1



Os parques ambientais são importantes aliados na oferta de mais qualidade de vida para a população, na medida em que incorporam funções de lazer, socialização, equilíbrio ecológico, práticas de atividades físicas e esportivas. 

O Parque da Cidade, Estação Cidadania, Matias Matos, Encontro dos Rios e Parque da Macaúba, administrados pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam), são exemplos de equipamentos públicos que podem ser bem aproveitados pela população.

“Esses espaços, de certo modo, têm ajudado para diminuir o sedentarismo, reduzir os níveis de estresse gerados pelo cotidiano no meio urbano e favorecer mais momentos de interação entre as pessoas. São locais que podem, devem e estão sendo bem ocupados de múltiplas formas. Nesse sentido, também destacamos a importância dos visitantes contribuírem com a preservação desses parques ambientais”, destaca o secretário municipal de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Olavo Braz.

No Parque da Cidade, localizado no bairro Primavera, a população pode desfrutar de uma área com aproximadamente 17 hectares para realizar práticas esportivas, atividades físicas, trilhas ecológicas, piquenique e eventos diversos. O local também abriga o Batalhão de Polícia Ambiental do Estado do Piauí.

O Parque Estação Cidadania, situado no cruzamento das avenidas Frei Serafim com a Miguel Rosa, dispõe de espaços para lazer, múltiplas atividades esportivas e manifestações artísticas e culturais. O parque possui um lago, fontes luminosas, pergolados, palco com camarim e banheiros, anfiteatro com capacidade para 1.500 pessoas e um estacionamento para mais de 280 veículos. Além disso, conta com uma Galeria de Arte Santeira, que reúne cerca de 50 esculturas produzidas por grandes artesãos locais.

Outra opção é o Parque Ambiental Matias Matos, mais conhecido como Lagoa do Mocambinho, que possui cerca de 4,9 hectares, onde estão estruturadas quadras de esportes (futebol de areia e society, badminton e basquete), ciclovias, playground, pista de caminhada, academia popular, quiosques, prédio administrativo, palco para apresentações culturais e área contemplativa no entorno da lagoa, com grana natural para oferecer mais conforto aos visitantes.

Ponto que marca a confluência entre os rios Parnaíba e o Poti, o Parque Ambiental Encontro dos Rios é um dos principais cartões postais da capital, localizado no bairro Poti Velho. A beleza singular, ainda mais ressaltada ao pôr do sol, é uma das características que mais atrai visitantes para o local. Ao percorrer o parque, o público tem à disposição uma área urbanizada e bem iluminada, onde podem ter acesso a quiosque, playground e uma trilha projetada.

Já o Parque da Macaúba possui uma área de sete mil metros, onde a população pode encontrar um campo de futebol bem iluminado e com alambrado, pista de caminhada, academia popular, palco para apresentações culturais e quiosques.

FUNCIONAMENTO DOS PARQUES AMBIENTAIS:

Parque da Cidade: todos os dias da semana, das 6h às 19h.

Parque Estação Cidadania: às segundas-feiras, das 5h30 às 10h (somente pista de caminhada); de terça a sexta-feira, das 5h30 às 10h e das 16h às 21h30, e aos sábados, domingos e feriados, das 5h30 às 21h30.

Parque Ambiental Matias Matos (Lagoa do Mocambinho): às segundas-feiras, das 5h30 às 10h (somente pista de caminhada); de terça a domingo, das 5h30 às 10h e das 16h às 21h30.

Parque Ambiental Encontro dos Rios: segunda a sexta-feira, das 6h às 18h, e aos sábados domingos e feriados, das 6h às 19h.

Parque Ambiental da Macaúba: às segundas-feiras, das 5h30 às 10h (somente pista de caminhada); de terça a domingo, das 5h30 às 10h e das 16h às 21h30.


Fonte: Com informações da Semcom
Comentar

Compartilhar Tweet 1



Terrenos sem nenhuma estrutura erguida e nenhuma destinação específica, conhecidos popularmente como terrenos baldios, são chamados também de vazios urbanos. Áreas assim nem sempre são cercadas e acabam acumulando lixo e, em alguns casos, chegam a servir de abrigos para marginais.

Terrenos com essas características estão espalhados por todas as regiões da cidade, mas, com o novo PDOT, a Prefeitura de Teresina pretende combater esse problema utilizando o instrumento do IPTU progressivo.

Em alguns casos o que ocorre é a especulação imobiliária, com a espera pela valorização do lote para obtenção de lucros maiores com a venda. Uma estratégia que gera problemas para a cidade. Para combater esse problema e garantir o uso racional desses espaços, será incluído no novo Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT) a cobrança progressiva do IPTU (Imposto territorial urbano).

“Os proprietários ficam aguardando que se agregue valor ao terreno com infraestrutura e qualidades urbanos no entorno. O objetivo do IPTU progressivo é fazer cumprir a função social da terra. Nós temos casos de vazios urbanos em áreas dotadas de infraestrutura completa”, conta Thiscianne Pinheiro, assessora de coordenação da SEMPLAN.

Pelas regras do novo PDOT, os proprietários de terrenos configurados como vazios urbanos na chamada Macrozona de Desenvolvimento, que fica em um raio de 400m em torno dos corredores de transporte público, serão notificados e terão um ano para protocolar junto à Prefeitura um projeto de destinação para a área. Com o projeto protocolado, o proprietário terá mais dois anos para iniciar as obras. Se não cumprir as exigências, a alíquota de cobrança do IPTU (Imposto predial e territorial urbano) será dobrada ano a ano, podendo chegar até 15% do valor do terreno. Em casos extremos, o poder público pode chegar até a desapropriar a área.

“Quando se completam cinco anos de cobrança do IPTU progressivo, o terreno fica sujeito a um processo de desapropriação. Não é obrigatório que a Prefeitura efetue a desapropriação, mas pode fazê-la caso exista o interesse. É possível, por exemplo, utilizar estes terrenos para construção de habitações de interesse social”, explica Thiscianne.

Os transtornos causados por esses vazios urbanos são variados, envolvendo principalmente a limpeza pública e a segurança. “A prefeitura devia tomar uma iniciativa, já que os donos esquecem o terreno e deixam aí juntando lixo. Os ladrões roubam e às vezes usam esses terrenos para guardar também as mercadorias roubadas”, conta o comerciante Francisco das Chagas, que mora próximo a um vazio urbano.

O que é o PDOT?

De acordo com a Legislação Federal, todo município com mais de 20 mil habitantes deve possuir um Plano Diretor, que deve ser revisado a cada dez anos. Em Teresina, o processo de revisão, que se deu durante um período de três anos de debates com diversos setores da sociedade, como setor imobiliário e movimentos sociais, foi concluído neste mês com a aprovação na Câmara Municipal de Teresina.

A estratégia central do novo PDOT é impedir a expansão desorganizada da cidade, estimulando a moradia, o comércio e os serviços em áreas mais centrais e já devidamente estruturadas, tornando a cidade mais compacta, organizada e coordenada. O novo PDOT entrará em vigência seis meses após a aprovação na Câmara, ou seja, em junho de 2020.


Fonte: Com informações da Semcom
Comentar
Serviço gratuito · 03/01/2020 - 11h23

SAMU Teresina realizou mais de 30 mil atendimentos em 2019


Compartilhar Tweet 1



    Ascom/FMS

O SAMU de Teresina, administrado pela Fundação Municipal de Saúde, realizou 30.508 atendimentos em 2019. Deste total, 29.235 foram na zona urbana e 1.273 na zona rural da capital. Os atendimentos são referentes às orientações médicas através do 192 e deslocamento de ambulâncias nos casos urgência clínica, traumática, obstétrica, psiquiátrica e, ainda, transferência inter-hospitalar de pacientes em estado grave.

As maiores demandas do SAMU em 2019 foram de atendimentos de urgências clínicas em adultos, no total de 10.516 pessoas atendidas (34,14% na zona urbana e 39,27% na zona rural), seguido de traumas por acidente de trânsito com 5.687 pessoas beneficiadas (17,93% na zona urbana e 18,90%na zona rural).

No caso de urgências psiquiátricas, o SAMU Teresina atendeu 931 casos entre zona urbana e rural. Já nos casos de urgência obstétrica, o número de atendimentos foi de 1.010 na cidade e 214 na zona rural. O SAMU também prestou assistência em situações de afogamento, queimaduras, choque elétrico e envenenamento.

Em 2019, foram registrados 180 trotes para o SAMU, sete deles provenientes da zona rural. O diretor médico do SAMU de Teresina, José Ivaldo, alerta para o prejuízo que os trotes trazem para o serviço, pois provocam um deslocamento das viaturas, gastando tempo e recursos que poderiam ser usados para salvar vidas.

“Muitas vezes mobilizamos e deslocamos ambulância e pessoal para fazer um atendimento que não é real, quando poderíamos atender uma pessoa que estava realmente precisando dos serviços do SAMU”, ressalta.

Para ter acesso aos serviços do SAMU, basta telefonar para o número 192. A ligação é gratuita de qualquer telefone. O serviço deve ser acionado sempre que houver acidentes com vítimas, choque elétrico ou acidentes com produtos perigosos, nos casos de problemas cardiorrespiratórios, intoxicação, trauma ou queimadura. O SAMU também atende casos de quadros infecciosos, maus tratos, trabalhos de parto ou crises hipertensivas.

O SAMU Teresina possui oito viaturas de suporte básico, três viaturas de suporte avançado e quatro motolâncias para atender a população da capital. Para agilizar o deslocamento das ambulâncias, são mantidos cinco pontos de apoio para deslocamento das ambulâncias: na zona Norte, estão localizados nos hospitais Mariano Castelo Branco e Buenos Aires, com duas viaturas de suporte básico e uma motolância; na zona Sudeste há um ponto na UPA do Renascença, com duas viaturas de suporte básico e uma motolância; na zona Sul são dois pontos de apoio, no hospital do Monte Castelo, com duas viaturas de suporte básico, e no  hospital do Promorar, com duas viaturas de suporte básico.

Comentar
Arte e cultura popular · 03/01/2020 - 10h32 | Última atualização em 03/01/2020 - 11h57

Dia de Santos Reis é comemorado com apresentações gratuitas


Compartilhar Tweet 1



O ano de 2020 já começa com muita arte e cultura popular. Celebrando a tradição religiosa em comemoração ao Dia de Santos Reis, acontece neste domingo (05), às 18h, no Parque da Cidadania, apresentações de reisado e música. A programação continua na segunda-feira (06), às 19h, no povoado Boquinha, zona rural de Teresina.

A festa é uma realização da Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC). “Trazer essas festividades para nossa cidade e região é uma forma de resgate das nossas raízes”, ressalta o coordenador de Cultura Popular da FMC, Wellington Sampaio.

De acordo com a tradição cristã, a celebração ao Dia de Reis é uma homenagem à visita dos magos do oriente ao recém-nascido menino Jesus. A festa, introduzida no Brasil pelos portugueses no período colonial, reúne um grupo de músicos e dançarinos que percorrem as ruas e propriedades das cidades.

Com uma programação inteiramente gratuita, no domingo (05), a partir das 18h, o Grupo Cultural Candieiro do Forró, o Reisado Reis de Ouro e a banda Valor de PI tomam de conta do Parque da Cidadania. Já na segunda (06), às 19h, é a vez do Reisado Boi Estrela fazer a festa no povoado Boquinha.

“Fazer parte da festa de Reis é para mim uma grande alegria. O Reisado possui um enredo muito interessante e é uma das festas mais alegres que temos. Além de ser bastante inclusiva, com vários personagens que interagem com o público. Essa presença popular é o mais interessante”, conta Vagner Ribeiro, vocalista da banda Valor de PI.


Fonte: PMT
Comentar
60 horas a mais de aprendizado · 03/01/2020 - 10h27

Alunos da Rede Municipal terão aulas de reforço nas férias de janeiro


Compartilhar Tweet 1



    Ascom/Semec

Antes de iniciar o novo ano letivo, 3.016 alunos de escolas municipais de Teresina assistirão aulas de reforço em língua portuguesa e matemática. As aulas serão no período de 06 a 24 de janeiro, totalizando 60 horas a mais de aprendizado.

O reforço é direcionado para 2.116 estudantes do 3º ano e mais 900 de turmas do 5º ano. Neste período, os professores devem explorar conteúdos que possuem habilidades estruturantes, preparando ainda mais os alunos para os anos seguintes. Na matemática, o foco são os números e operações, enquanto as aulas de língua portuguesa reforçam a leitura e compreensão.

De acordo com a Secretaria Municipal de Educação (Semec), 207 professores e 64 unidades de ensino participam das atividades de férias. O público selecionado para participar também começa a se preparar para o IDEB 2021.

“Trouxemos mais uma oportunidade para fortalecer o aprendizado, sanar as dúvidas naqueles conteúdos considerados mais difíceis e avançar nas habilidades, assim estarão melhor preparados para os próximos desafios”, afirma a secretária executiva de Ensino, Irene Lustosa.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



O período das chuvas chegou e a Superintendência de Desenvolvimento Urbano Leste, por meio da atuação da Gerência de Serviços Urbanos, deu início às ações preventivas de limpeza de galerias e bocas de lobo, além da conservação e desentupimento dos bueiros. A medida integra a programação dos serviços do órgão municipal, que se preocupa em minimizar os transtornos aos moradores da região. As informações são da Prefeitura Municipal de Teresina. 

    Ascom/Sdu Leste

Na zona Leste, há aproximadamente 70 galerias e bueiros que têm como objetivo facilitar a passagem das águas das chuvas na região. A equipe de limpeza da SDU Leste atua de forma programada para fazer a remoção de resíduos que acumulam nas galerias e podem causar alagamentos.

Sobre isso, o gerente de Serviços Urbanos, Renato Lopes, explica que a equipe tem realizado ações para evitar o alagamento das ruas, por exemplo, em decorrência do acúmulo de lixo em pontos da região. “Os serviços visam garantir o perfeito escoamento das águas pluviais e impedir que o material sólido retido durante as chuvas cause maiores transtornos à comunidade”, disse.

Para promover um serviço completo, é fundamental a conscientização e colaboração dos moradores para também evitar os problemas com os alagamentos. “Solicitamos também o apoio da população, no sentido de fazer o acondicionamento do lixo da maneira correta e evitar despejar materiais em praças e no meio de ruas e avenidas. Infelizmente, muitas pessoas ainda insistem em descartar o lixo domiciliar de maneira inadequada. Quando a chuva vem, arrasta esse lixo para os bueiros e causa o entupimento”, completou Lopes.

Os mutirões de limpeza em galerias e bueiros foram recorrentes no último ano. “Realizamos a limpeza durante o ano e reforçamos quando inicia o período chuvoso. O foco é desobstruir o local por onde a água passa, tirando o lixo e os resíduos que possam gerar alagamento”, explicou o gerente.

 

Comentar
Aberta as inscrições! · 03/01/2020 - 09h22 | Última atualização em 03/01/2020 - 11h47

Carnaval de Rua: É dada a largada para os blocos carnavalescos de Teresina


Compartilhar Tweet 1



O carnaval de rua de Teresina já virou tradição e vem conquistando o coração do público. Com o objetivo de fortalecer na capital a cultura popular mais festejada do país, a Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC), está com inscrições abertas para a seleção de projetos carnavalescos. Serão escolhidos 26 projetos. As informações são da Prefeitura Municipal de Teresina.

Os blocos de carnaval já fazem parte do calendário cultural de Teresina e cada um possui sua particularidade, promovendo diversão para todos os gostos. “Temos notado que o Carnaval de rua de Teresina tem movimentado bastante o cenário cultural da cidade. As pessoas estão mais participativas na folia feita pelos blocos e por isso estamos incentivando cada vez mais os projetos carnavalescos que só enriquecem a tradição da nossa festa”, destaca Abiel Bonfim, superintendente da FMC.

Os blocos de rua carregam a história do Carnaval de Teresina. Ao longo dos anos, os grupos vêm se organizando e mantendo vivo o costume de curtir a folia nas ruas e avenidas da cidade. De norte a sul da capital, o folião consegue encontrar blocos carnavalescos, sejam os clássicos ou os novos, reunindo milhares de pessoas para a festa.

Representando uma manifestação da cultura popular que perpassa gerações, o bloco Vaca Atolada, realizado no bairro Matinha, Zona Norte da cidade, é um dos maiores blocos de Teresina e possui mais de 30 anos de existência.

“O carnaval de Teresina cresceu muito. Hoje, o Vaca Atolada é referência na cidade. Você consegue ver a multidão de gente que acompanha o percurso do bloco e isso é gratificante”, afirma Daniel Borges, diretor do Vaca Atolada.

Com o objetivo de incentivar mais ainda essa atividade cultural, a FMC está com as inscrições abertas para seleção dos projetos carnavalescos. Os interessados deverão preencher a ficha de inscrição, disponível no protocolo da FMC/PMT, com todos os anexos exigidos.

As inscrições vão até o dia 17 de janeiro, com exceção dos domingos e feriados, no horário de 7h30 às 13h. Para mais informações, consulte o edital.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



As árvores oferecem benefícios como conforto térmico, sombra, embelezamento, redução da poluição e dos ruídos. Mas para que elas se mantenham de modo harmônico com o meio urbano, é necessário adotar cuidados, a exemplo das podas. Em Teresina, para realizar o procedimento de poda ou a supressão arbórea, seja em áreas públicas ou particulares, é necessário obter uma autorização emitida pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semam). As informações são da Prefeitura Municipal de Teresina.

Essa medida é estabelecida pela Lei Municipal 2.798/1999, que dispõe sobre a regulamentação e monitoramento da vegetação arbórea na zona urbana da capital. O requerimento deve ser feito, obrigatoriamente, pelo dono do imóvel ou por um representante legal, ou pelos proprietários dos imóveis envolvidos, quando se trata de árvores inseridas na divisa de terrenos.

No caso de árvores localizadas em condomínios, o síndico precisa apresentar a ata da assembleia que deliberou sobre o assunto ou abaixo-assinado constando posição favorável da maioria dos envolvidos.

As solicitações devem ser feitas via processo, aberto no protocolo da Semam, que consiste no preenchimento de um formulário simples, no qual devem ser anexadas as cópias dos documentos pessoais (RG e CPF) e comprovante de endereço. A Secretaria fica localizada no Parque da Cidade, na Avenida Duque de Caxias, 3520, bairro Primavera, zona Norte da capital. O atendimento ao público acontece de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 13h.

No diz respeito a árvores em espaços públicos, quem desejar fazer a solicitação de forma mais cômoda pode usar aplicativo Colab.re, obtido gratuitamente nas lojas virtuais da Google (Play Store) e da Apple (App Store). Após fazer um cadastro simples, o usuário deve inserir imagem, descrição e localização da árvore.

Equipes fazem vistorias e laudos antes de emitir autorização

Todos os pedidos recebidos são direcionados à divisão de monitoramento da Semam, que designa uma equipe especializada para realizar a análise in loco e elaborar um laudo técnico.

“Quase diariamente nossas equipes estão em campo realizando vistorias, trabalho necessário para avaliar a real situação do indivíduo arbóreo. A partir disso, eles determinam qual o procedimento precisa ser feito, especificando, por exemplo, se a poda é condutiva ou de limpeza. Em casos mais delicados, indica-se a retirada da árvore, cuja autorização é acompanhada da exigência do cumprimento de compensação ambiental. Essas autorizações são feitas em conformidade com a lei, que busca manter nosso patrimônio arbóreo”, explica o secretário da Semam, Olavo Braz.

Em espaços públicos como praças, canteiros de vias, prédios públicos municipais e parques ambientais, o trabalho de poda ou retirada de árvores é realizado por equipes das Superintendências de Desenvolvimento Urbano (SDUs), por meio das Gerências de Serviços Urbanos (GSUs). Já em áreas privadas, o serviço é de responsabilidade do proprietário do imóvel, após obter a licença emitida pela Semam.

Recolhimento de podas pode ser solicitado à Prefeitura

A Prefeitura de Teresina, por meio das suas SDUs, possui caminhões cadastrados para atender o serviço de recolhimento de resíduos de podas. O trabalho é feito mediante o pagamento de uma taxa, cujo valor é determinado de acordo com o volume do resíduo material a ser coletado.

A população também pode depositar restos de podas de árvores, até 1m³ por dia, em um Pontos de Recebimento de Resíduos (PRRs) espalhados por Teresina.

Comentar

Compartilhar Tweet 1



A zona Norte de Teresina deve receber um investimento de R$ 1 milhão em pavimentação, o que corresponde à execução de 27 mil metros quadrados de calçamento em paralelepípedo.

De janeiro a dezembro de 2019 a Superintendência de Desenvolvimento Urbano (SDU Centro Norte) fez 26 mil metros quadrados de calçamento em várias vias, o que correspondeu a um investimento aproximado de R$ 900 mil.

O serviço de calçamento, em 2020, será feito nos seguintes bairros: Água Mineral, Chapadinha, Cabral, Nova Brasília, Cidade Industrial, Aroeiras, Ilhotas, Residencial Nova Teresina.

O superintendente executivo da SDU Centro Norte, Márcio Sampaio, enfatiza que investir em pavimentação é agregar setores importantes como mobilidade urbana e saúde pública. “Seguiremos investindo nesses setores, com atenção especial aos bairros e vilas mais periféricas”, pontua.

Sampaio reforça que, com a pavimentação, quem ganha é a população. “Estamos trabalhando para proporcionar para as pessoas uma melhor qualidade de vida, pois o calçamento nas vias reduz a poeira e traz mais conforto para as famílias”, enfatiza. Em 2019 foram entregues pavimentação em paralelepípedo em diversos bairros da zona Norte, que trouxe mais qualidade de vida para as famílias que moram nessa área.

Os recursos para a pavimentação das vias são oriundos de Orçamento Popular, recursos próprios da Prefeitura Municipal de Teresina (PMT) e ainda Emenda Parlamentar. Receberam calçamento as seguintes vilas: Nova Conquista, Leonel Brizola, Dilma Rousssef, e ainda o Loteamento Asa Norte, Parque Brasil II e Cidade Industrial.

A dona de casa Maria de Fátima Sousa, que mora há mais de cinco anos no Parque Brasil II, diz que a chegada do calçamento na sua rua trouxe mais qualidade de vida para todos que vivem no local. “Ficamos muito felizes com o calçamento. Diminuiu totalmente a poeira, por isso estamos muito satisfeitos”, acrescenta.


Fonte: Com informações da Semcom
Comentar