Quer que o Piauí avance -

Franzé defende industrialização para gerar renda e empregos

O deputado estadual e candidato à reeleição Franzé Silva (PT) quer que o Piauí avance em um programa de industrialização para aproveitamento e fortalecimento das cadeias produtivas, de modo a gerar renda e empregos para os pequenos produtores da agricultura familiar e riqueza para o Estado.

O deputado já vem dialogando com o governo estadual e com o candidato a governador Rafael Fonteles (PT) sobre o tema. Na visão de Franzé - que tem defendido principalmente propostas voltadas à geração de emprego e renda -, "um processo de industrialização vai estruturar a economia e gerar riquezas".

"O que defendo é que o Estado dê as condições para que, principalmente, os pequenos produtores possam produzir dentro de uma estrutura que agregue valor à produção em cada município e região, aproveitando ao máximo o potencial de cada setor e assegurando renda e empregos para os trabalhadores", pontua.

"Veja o caso da produção leiteira em São José do Divino. Quero a instalação de uma fábrica de leite pasteurizado, de doces, de iogurte lá, para que não seja preciso os produtores enviarem o leite para ser processado em Parnaíba ou no Ceará. A riqueza tem que circular no município produtor e gerar renda para os produtores locais", defende.

"Precisamos criar a estrutura de agregar valor, dentro das nossas cadeias produtivas, do leite, do milho, do algodão, do mel, do caju. Boa parte da nossa cajucultura vai para o Ceará, por exemplo, temos pouco aproveitamento aqui da castanha industrializada, não fazemos o suco e o doce industrializados", assinala Franzé.

"Eu fui secretário da Fazenda e da Administração, ajudei a colocar nosso Estado em um processo de desenvolvimento que estamos vendo hoje, mas precisamos trabalhar a questão da industrialização, criando oportunidades, sobretudo para os pequenos produtores da agricultura familiar", ressalta o candidato.

Receba notícias do 180graus no seu Telegram e fique por dentro de tudo! Basta acessar o canal: t.me/noticias180graus.

PostMídia: (86) 9 9547-8622

Comentários