Ultimato a ministro · 14/01/2022 - 16h23 | Última atualização em 14/01/2022 - 16h26

Dr Pessoa diz que só recebe o PL se for das mãos do Bolsonaro ou Valdemar


Compartilhar Tweet 1



O prefeito de Teresina, Dr Pessoa (MDB) disse que só recebe o PL se for das mãos do presidente da república, Jair Bolsonaro, ou do presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto. Segundo ele, se o União Brasil ou o PL não estiver nas em suas mãos até o dia 20 de janeiro, ele tomará outro rumo.

Segundo o quadro Jogo do Poder, do programa Agora na TV Meio Norte, Dr Pessoa citou primeiro o União Brasil, porque no partido ele teria uma liberdade maior para montar as chapas, diferente caso ele fosse para o PL, pois o partido é ligado diretamente com o PP, partido esse que não agrada muito o prefeito.

"O Leonardo Eulálio não não foi para o café, mas, eu entrei em contato com ele e ele quis marcar para esse fim de semana. Eu disse que não, que deixasse para o início da semana que vem, que eu tenho família lá em casa que vieram de Goiânia e outras tratativas, por isso, que eu posterguei esse convite do café lá no apartamento do Dr Leonardo Eulálio, vereador de Teresina. Especificamente sobre o partido, disse que queria e continuo querendo o União Brasil, mas se não for possível, eu irei a pedido das autoridades Jair Bolsonaro e Valdemar da Costa Neto para o PL. Mas é um coisa diretamente, indiretamente eu não receberei o partido. Leonardo Eulálio é meu amigo, Fábio Xavier é meu amigos, mas, se o partido tiver que vir para as minhas mãos, vira direto entregue ou pelo presidente da república ou pelo presidente nacional do partido que é o Valdemar da Costa Neto", pontuou.

Comentários