Política

PSDB, PMDB e PSB seguem unidos · 17/02/2014 - 18h15

Secretário diz que é impossível realizar o sonho da oposição. 'Já está fechado'

Wilson Brandão disse que sairá do cargo dia 4 de Abril, mas Wilsão não se definiu ainda


Compartilhar Tweet 1



O secretário de governo do estado, Wilson Brandão (PSB) afirmou durante entrevista ao Programa Jornal do Piauí da TV Cidade Verde, que a presidente da república Dilma Rousseff (PT) virá ao estado para realizar apenas agenda administrativa, segundo ele, vários pedidos serão feitos pelo governo do estado, entre eles, recursos para o complemento da Transcerrados, para a duplicação das BR's 343 e 316 em Teresina e principalmente recursos para a conclusão do Porto de Luís Correia.

Wilson Brandão disse ainda que serão anunciados mais de R$ 430 milhões em investimentos para a revitalização do sistema de transporte férreo na capital, sendo que metade desse montante será arcado pelo governo estadual e outra metade pelo governo federal.

Sobre política, o secretário de governo disse que em relação a aliança da chapa governista nada mudará até as convenções. Segundo ele, o PSDB já está garantido nessa chapa.

"É um sonho impossível para a oposição ver o PSDB, PMDB e o PSB separados, a aliança já está firmada, não há o que se discutir, eu garanto que não mudará", afirmou Wilson Brandão.

O secretário disse ainda que sairá do governo no dia 4 de abril, mas, o governador ainda não se decidiu se ficará ou sairá do cargo. Para o que tudo indica, a tendência é que Wilson Martins deixe o governo e assuma uma candidatura ao senado.