Política

Em cerimônia ao vivo · 07/01/2020 - 17h07

"Sai o kit gay e entra a leitura em família", diz ministro da Educação

Destacando o programa Literacia Familiar, que incentiva a leitura para crianças, Weintraub citou o chamado "kit gay"


Compartilhar Tweet 1



Por Letícia Alves
Do Poder 360

O presidente Jair Bolsonaro reuniu-se com o ministro Abraham Weintraub (Educação) na manhã desta 3ª feira (7.jan.2020) e, em seguida, fez uma transmissão ao vivo no Facebook para falar da atividade do Ministério da Educação em 2019. Destacando o programa Literacia Familiar, que incentiva a leitura para crianças, Weintraub citou o chamado “kit gay”.

    Foto: Carolina Antunes/PR

“Sai o kit gay e entra a leitura em família”, disse o ministro. Ao lado, Bolsonaro reclamou do nível dos livros didáticos usados no Brasil. Falou que, por meio de acordos com editoras, que distribuíam livros de brinde para além dos que constavam nos contratos, os governos anteriores conseguiam inserir nas bibliotecas das escolas livros que supostamente “deseducavam a molecada e mostravam a eles o que os pais não queriam”.

Weintraub, então, afirmou que já tirou “muita porcaria” das escolas, mas que alguns livros escolhidos nos governos anteriores ainda são distribuídos porque foram estabelecidos por contrato. “A gente já deu uma boa limpada, já saiu muita porcaria, mas ainda vão alguns que a gente não gosta”.

Na 6ª feira (3.jan.2019), o presidente já havia reclamado dos livros em entrevista na saída do Palácio da Alvorada. “A partir de [20]21, todos os livros serão nossos, feitos por nós. Os pais vão vibrar, porque vai estar lá a bandeira do Brasil na capa, vai ter lá o hino nacional”, disse.


Conteúdo produzido pelo Portal Poder360 – www.poder360.com.br. Todos os direitos reservados. Reprodução permitida mediante autorização expressa.


Comentários