Política

Em denúncia à Justiça · 29/05/2020 - 17h10 | Última atualização em 29/05/2020 - 19h25

Rombo no Picos Prev já é de R$ 4,4 milhões, afirma o Ministério Público Estadual

Padre Walmir é alvo de ação de improbidade administrativa por lesão ao Fundo Previdenciário


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

A denúncia por improbidade administrativa ofertada à Justiça pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra também o atual prefeito de Picos José Walmir de Lima, o Padre Walmir, informa que o valor do rombo no Picos Prev é da ordem de R$ 4,4 milhões.


Para o Ministério Público estadual ao deixar, gestores, de “repassarem ao Fundo da Previdenciário Municipal de Picos – PICOS/PREV as contribuições sociais recolhidas, lesando assim o Fundo Previdenciário”, foi infringido “os princípios da administração pública, pela violação, sobretudo, dos deveres de legalidade, honestidade e lealdade às instituições”.

Figura também no polo passivo da ação o ex-prefeito Kléber Eulálio.

VEJA AINDA:_______________

- Padre Walmir é alvo de ação de improbidade por suposto uso ilícito de recursos no Picos-Prev


Comentários