Política

Acontece agora no Atlantic · 05/06/2010 - 10h32

PT vai manter pré-candidatura de W. Dias e AJM ao Senado

EM ENCONTRO reafirmou apoio a Wilson Martins e confirmou 1ª suplência para Regina Sousa


Compartilhar Tweet 1



Por unanimidade o Partido dos Trabalhadores decidiu manter a pré-candidatura de Wellington Dias e Antônio José Medeiros ao Senado Federal na chapa governista. Com a posição tomada na tarde deste sábado (05/06), durante encontro estadual realizado no Atlantic City, o PT adere por completo à candidatura do governador Wilson Martins (PSB) ao deixar de exigir a vaga de vice, já ocupada por Moraes Filho (PMDB).

Além das questões da senatória e de apoio a Wilsão, o PT também confirmou o nome da ex-secretária de Administração, Regina Sousa, para ocupar a 1ª suplência de Wellington Dias, além de fechar uma chapa pura em nível proporcional. A meta é tentar eleger 2/3 dos 28 pré-candidatos a deputado estadual e federal.

Político mais esperado do evento, o governador Wilson Martins compareceu ao Atlantic City, já no final da votação. Discursou por quase 20 minutos e elogiou o Partido dos Trabalhadores. “Aqui há a maior militância política partidária do estado do Piauí. Gostaria de agradecer ao PT que contribuiu com o crescimento do nosso partido (PSB) e pela confiança em mim”, declarou Wilsão, que agradeceu principalmente ao ex-governador Wellington Dias.

Ainda durante o seu discurso, Wilson Martins mandou um recado para os pré-candidatos oposicionistas. O primeiro foi para o senador JVC (PTB), a respeito da divisão de palanques que a pré-candidata Dilma Roussef teria no Piauí. “Não adianta, quem quer que seja, vir confundir a cabeça das pessoas aqui no Piauí. A cara de Dilma é a nossa cara, é a cara do PT,” avisa o governador que, em seguida, reafirma que é político, ao contrário do tucano Sílvio Mendes (PSDB), que nega essa condição. “Não me envergonho de dizer que sou político. Sou um político que respeita os outros políticos e os outros partidos. Sou é um ganhador de eleição, nunca perdi uma eleição no Piauí, não tenho medo de nada”, exclama Wilsão.

Wilson Martins acredita que as eleições serão vencidas pelos governistas ainda no 1º turno. Para ele, a escolha dos dois nomes para senatória deixa a chapa mais competitiva, inclusive da candidatura de AJM. “Cuidado, Wellington Dias, que Antônio José pode te botar para trás no Senado”, brincou o socialista.

Após o momento de descontração, ele pediu que o PT acatasse a sua exigência de oferecer a 1ª suplência do ex-secretário AJM a um membro do PSB. E de acordo com o presidente regional do Partido dos Trabalhadores, Fábio Novo, o pedido de Wilsão será atendido. “o PT aceita ceder a primeira suplência de Antônio José”, assegura Novo. Com essa conjuntura, o PDT de Flávio Nogueira é descartado da chapa majoritária, por mais que os pedetistas ainda tivessem expectativa de indicação neste cenário.

Última atualização 12h45

Teve início na manhã deste sábado (05/06), no espaço Cajuína do Atlantic City, o encontro estadual de definição de candidaturas das eleições de 2010 do Partido dos Trabalhadores. Na ocasião, o PT vai escolher se mantém a sugestão de lançar dois pré-candidatos ao senado, volta a reivindicar a vaga de vice na chapa majoritária ou se lança candidatura própria. Ainda no encontro, a sigla fecha posição sobre os nomes que irão disputar o pleito como deputado estadual e federal.

O encontro dos petistas é decisivo porque nele também será colocada a posição das duas últimas reuniões. Na primeira, de caráter deliberativo, ocorrida no dia 21 de abril deste ano, ficou acertado que, caso o PT não tivesse a vaga de vice na chapa do governador Wilson Martins reivindicaria a candidatura própria. Já na segunda oportunidade, em 23 de maio, o PT sugeriu a ocupação das duas senatórias, uma seria do ex-governador Wellington Dias e a outra do deputado federal Antônio José Medeiros.

A reunião acontece no espaço Cajuína, ornado com faixas nas cores vermelho e branco, além de banners em tamanho grande de alguns pré-candidatos a deputado. Enquanto os trabalhos da mesa não eram iniciados, os presentes assistiam vídeos do presidente Lula e da pré-candidata à Presidência da República, Dilma Roussef, em dois telões laterais. Logo na entrada, ouvia-se jingles em ritmo de marchinha carnavalesca: “Depois do cara a gente vota na coroa, a gente quer é gente boa”.

\"\"/

\"\"/

Algumas lideranças petistas chegaram mais cedo. A intenção foi realizar uma reunião prévia, fechada, apenas com os nomes principais. Estiveram juntos Wellington Dias, Regina Sousa, Antônio José Medeiros, Assis Carvalho, Jesus Rodrigues e Fábio Novo. A imprensa não pode permanecer no local. Está prevista a chegada do governador Wilson Martins (PSB) no início a tarde.

\"\"/

Para Oscar de Barros, presidente da Cepro, a tendência do PT é reafirmar as pré-candidaturas de W. Dias e AJM ao senado. “O que tinha que se esperar o partido já fez. Acredito que aqui se dará mais ênfase à questão proporcional”, adianta o petista, que foi um dos primeiros a comparecer no Atlantic City.

\"\"/

O Partido dos Trabalhadores tem 143 delegados e 28 pré-candidatos, sendo 18 na disputa para deputado estadual, oito a deputado federal e mais dois ao Senado. A ex-secretária de Administração, Regina Sousa, teria a 1ª suplência de W. Dias.

CONFIRA ABAIXO A LISTA DE PRÉ-CANDIDATOS A DEPUTADO ESTADUAL

Cícero Magalhães

Eucário Monteiro

Evando Luz

Fábio Novo

Flora Izabel

Francisco Guedes

Henrique Rebelo

João de Deus

Fernando Gomes

Marcelino Fonteles

Merlong Solano

Padre Ladislau

Paulo Martins

Raimundo Martins

Rejane Dias

Simplício Mário

Zenaide Lustosa

Florentino Veras

VEJA A LISTA DE PRÉ-CANDIDATOS A DEPUTADO FEDERAL

Jesus Rodrigues

Assis Carvalho

Nazareno Fonteles

Antonio Neto

Roberto John

Bernadina Maria da Conceição

Carlos Henrique Neri Costa

Ulpiano José Tavares Gomes

AGUARDE MAIS INFORMAÇÕES EM INSTANTES

REPÓRTER: Thiago Bastos (Direto do Atlantic City)