Política

Contra cortes na educação · 17/09/2020 - 16h51 | Última atualização em 17/09/2020 - 17h18

Marcelo Castro participa de manifesto virtual sobre orçamento para a educação

A perspectiva de corte de quase R$ 2 bilhões nas chamadas despesas discricionárias levou parlamentares a assinarem o documento


Compartilhar Tweet 1



Nesta quinta-feira (17), mais de 16 frentes parlamentares e 70 movimentos da Educação vão promover um ato virtual, a partir das 18h, para discutir o orçamento destinado à Educação em 2021. Na internet, já circula um manifesto e abaixo-assinado elaborado por esses grupos em defesa da educação como direito público. 

    Foto: AsCom/Marcelo Castro

A perspectiva de corte de quase R$ 2 bilhões nas chamadas despesas discricionárias, ou seja, as que envolvem custeio e investimentos, é um dos motivos que levou parlamentares de partidos dos mais diversos espectros ideológicos a assinarem o documento, que também faz menção à defesa da autonomia universitária.

Entidades como a UNE, a UBES, a Andifes e a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) comandarão os blocos do evento, trazendo entre os convidados os seus representantes, além de personalidades, profissionais da área e parlamentares.  

Convidado pela SBPC, o senador, ex-ministro da saúde e ex-presidente da Comissão Mista de Orçamento do Congresso, Marcelo Castro ( MDB-PI) confirmou presença. 

O ato também irá contar com a presença do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro, além do líder da Oposição no Congresso Nacional, o senador Randolfe Rodrigues e demais autoridades.


Fonte: AsCom

Comentários