Política

Em destaque no Piauí · 07/10/2019 - 13h27 | Última atualização em 07/10/2019 - 13h35

Jornalista Gustavo Almeida já cobriu em tempo real duas Operações da Polícia Federal no Piauí

Com um perfil mais aproximado ao que poucos na nova geração começam a fazer no jornalismo do Piauí, Gustavo Almeida vem se destacando no cenário local


Compartilhar Tweet 1



Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

__________

- Um da nova geração de jornalistas no Piauí que está muito além do batido jornalismo declaratório ou até mesmo do jornalismo adulatório, bem presente no estado. Um da nova geração de profissional de Imprensa mais próximo do jornalismo questionador, que não engole tudo o que dizem. Próximo do 'perigoso' [para as autoridades alvos de matérias, claro] jornalismo de dados. E de visão mais nacionalizada

_____________________

_Jornalista Gustavo Almeida (Foto: Divulgação)
_Jornalista Gustavo Almeida (Foto: Divulgação) 

O QUE HÁ DE NOVO

Em um estado onde os alvos de boas matérias jornalísticas tentam pessoalizar coberturas de imprensa para se dizerem perseguidos, ou usam até jornalistas compráveis, através do poder financeiro, para dar cabo de coberturas sérias, jogando uns contra os outros, é possível ver surgir em meio a esse lodaçal profissionais de imprensa de uma geração mais tarimbada se destacando no cenário local com pitadas de prática jornalística só vistas em âmbito nacional. Detalhe: em coberturas contra poderosos, não contra os já vitimados do sistema.

Um desses jornalistas é Gustavo Almeida, do Portal Política Dinâmica - meio de imprensa que também já foi alvo das lastimáveis censuras judiciais após publicações do jornalista Marcos Melo, o editor do portal. 

Almeida, só de Operações da Polícia Federal já cobriu duas, e no exato momento das respectivas buscas e apreensões. Uma delas era oriunda da Lava Jato, tendo como alvo o presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, denominada de “Compensação”. Já a outra, a “Satélites”, era um desdobramento da famosa e barulhenta Operação Topique, que chegou até ao Palácio de Karnak.

Em ambas, o profissional chegou cedo aos respectivos locais e brindou os seus leitores com informações detalhadas sobre o que estava a ocorrer. Expondo aos governados aquilo que a Constituição brasileira tutela, o direito de informar e de ser informado.

_Primeira Operação da Polícia Federal

_ Segunda Operação da Polícia Federal

Gustavo Almeida é um jovem de somente 27 anos, nasceu em São Raimundo Nonato, mas cresceu no município de Dom Inocêncio, no semiárido piauiense. 

Começou na comunicação aos 14 anos como radialista numa emissora de rádio de Dom Inocêncio, onde apresentava um programa jornalístico. 

O jornalista obteve sua graduação de jornalismo na Universidade Federal do Piauí (UFPI), instituição onde ingressou em 2011. Na época, fez 1.000 pontos na redação do Enem. É oriundo de escola pública. 

Gustavo Almeida e Marco Melo: eles fazem dobradinha do polêmico Política Dinâmica
_Gustavo Almeida e Marcos Melo: eles fazem dobradinha no polêmico Política Dinâmica (Foto: Política Dinâmica)

Conta que sua primeira grande experiência no jornalismo foi do G1 Piauí, site de notícias da Globo, onde atuou como repórter estagiário por 2 anos e emplacou várias matérias nas plataformas nacionais. 

Desde outubro de 2016 está no Política Dinâmica, onde cobre os acontecimentos políticos no Piauí diariamente e opina sobre temas da área. Relata que nesse período também assinou colunas em jornais impressos da capital e atuou em rádios.

Em 2017 recebeu o mérito jornalístico na Câmara Municipal de Teresina. Já em 2018, recebeu da Câmara Municipal o título de cidadão teresinense, aos 25 anos de idade. 

Parece que o resto agora, além de continuar se aprimorando, e da busca diária por mais experiência, é só ser fiel ao seu leitor.


Comentários