Política

Negócios particulares · 05/08/2019 - 17h00 | Última atualização em 05/08/2019 - 17h42

Exclusivo: diretor da maternidade Evangelina Rosa acumula função com sua clínica particular em Picos

Acumulação ilegal foi detectada no âmbito de auditoria do Tribunal de Contas. Instituição é questionada pela alta incidência de mortes de bebês


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

_____________________

DIRETOR DEVERIA TER "DEDICAÇÃO EXCLUSIVA"

180 em ligação para a clínica, em Picos, ocorrida nesta segunda-feira (5/08): Queria falar com o senhor Francisco Macedo, por favor

Atendente: Ele não está no momento, mas deve voltar mais tarde [sugerindo depois do almoço]

_______________________________

Francisco Macedo, diretor da Maternidade Evangelina Rosa
_Francisco Macedo, diretor da Maternidade Evangelina Rosa 

FALTOU AO EXPEDIENTE

O responsável pela gestão da maternidade Evangelina Rosa - que despertou a atenção até da Polícia Federal -, o diretor Francisco Macedo, foi flagrado ocupando cargo ilegal ao acumular a função pública com a de médico de clínica de sua propriedade no município de Picos. Gestor público, ele é o mandatário do lugar onde tem morrido muitas crianças e até mães e que se tornou o símbolo máximo de má administração pública do governo estadual. 

“Em consulta ao CNES, Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde, que tem natureza de documento público, e se constitui em sistema oficial de cadastramento de informações, de todos os estabelecimentos de saúde do País, inclusive particulares, constatou-se que o atual diretor da MDER, além de proprietário da clínica UNIMAGEM, exerce o cargo de médico naquele estabelecimento, com cargo horária semanal 40h/semana”, traz relatório de auditoria. 

“Portanto, o fato de o atual diretor da MDER ser proprietário da empresa individual UNIMAGEM, localizada em Picos, e atuar como servidor comissionado, de dedicação exclusiva, em Teresina-PI, configura-se atuação ilegal do gestor, prejudicial ao gerenciamento da unidade hospitalar, e causa conflito entre o interesse público e o privado”, conclui o relatório.

A LIGAÇÃO PARA A CLÍNICA EM PICOS__________________

O Blog Bastidores, do 180, entrou em contato para falar com Francisco Macedo na clínica, mas ele não atendeu. 

180: Eu queria falar com o senhor Francisco Macedo, por favor.

Atendente: Ele não está no momento, mas deve voltar mais tarde [sugerindo depois do almoço].

180: Até que horas eu posso ligar para encontrá-lo aí, depois que ele chegar?

Atendente: Até 'detardizinha'.

180: Me diga uma coisa, eu posso ter me enganado de clínica. Essa clínica [em Picos] é do senhor Francisco Macedo, o Macedão, o diretor da maternidade Evangelina Rosa?

Atendente: Sim, é dele sim. 

180: Então o Francisco Macedo a que a senhora se referiu [na ligação anterior] é o diretor da Evangelina Rosa?

Atendente: Sim, é ele.

Embora na clínica, o diretor da maternidade Evangelina Rosa não pôde falar com a reportagem. Não era possível repassar para o ramal no terceiro andar, segundo uma outra atendente. Isso após o seu retorno.

Disseram que o diretor viria para a Teresina ainda hoje à tarde. 

Já a assessoria da maternidade em Teresina informou que Francisco Macedo "trabalha todos os dias" na Evangelina Rosa. 

___________________

DOIS EM UM

Em contato com a assessoria da maternidade, posteriormente, foi informado que o diretor Francisco Macedo poderia receber o titular do blog para uma entrevista, mas não nesta segunda feira (05/08), somente na terça-feira (06/08). É que o diretor tinha um encontro na Secretaria de Saúde. Esse detalhe chamou atenção.

Assessoria: Rômulo, ele disse que pode receber você amanhã pela manhã. Ele tem uma reunião na SESAPI agora à tarde. E que prefere que [a entrevista] seja pessoalmente.

180: E ele está na maternidade? Agora? Que horas é a reunião dele na Saúde?

Assessoria: Está a caminho. Que horas você quer marcar?

180: Com quem é a reunião lá [na SESAPI]?

Assessoria: Não perguntei.

180: Mas ele estava em Picos, como ele vai vir tão rápido? 

Assessoria: Quem disse que ele está em Picos?

180: Liguei para a clínica dele lá. Ele não tem uma clínica lá?

Assessoria: Tem.

180: Então. Está agora no terceiro andar lá, da clínica. Como ele vai vir para Teresina tão rápido?

Assessoria: Deve ser engano. Acabei de falar com ele. 

180: Você está vendo ele na maternidade? Você falou com ele pessoalmente [na maternidade]?

Assessoria: Não. Porque ele não está aqui.

Assessoria: Tu quer falar com ele ou investigar onde ele está?

180: Os dois.

Assessoria: Foi o que ele me disse. Acho que não tem necessidade de mentir.


Comentários