Política

Anúncio · 21/11/2021 - 11h55 | Última atualização em 21/11/2021 - 12h16

Ex-prefeito alvo do GAECO grava vídeo 'entregando' viatura policial e cestas básicas para Bertolínia

Político estava ao lado do tenente Daniel, da PM. "Essa viatura está indo para Bertolínia e em complemento está indo umas cestas básicas", disse


Compartilhar Tweet 1



Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

_Ex-prefeito Luciano Fonseca (direita), ao lado do tenente  (Imagem: Reprodução)
_Ex-prefeito Luciano Fonseca (direita), ao lado do tenente Daniel  (Imagem: Reprodução) 

O ex-prefeito de Bertolínia, Luciano Fonseca (PT), alvo da Operação Bacuri - deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial no Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPPI) -, registrou em vídeo a viatura entregue pelo governo do estado ao município.

O ex-gestor aproveitou a oportunidade para colar sua imagem ao governo do estado e anunciar o envio de cestas básicas a pessoas da cidade em que foi prefeito. Ele estava ao lado do tenente Daniel. No vídeo, o petista diz que "está todo mundo feliz com o governo do estado" e faz crítica à gestão de Bertolínia.

"Bom dia Bertolínia, como vamu, tudo bem? Aqui com o tenente Daniel. Estamos aqui... Ontem eu não pude participar do evento de entrega da viatura, mas todo mundo satisfeito com o governo do estado. Todo mundo feliz com essa ação do governo do estado, que eu tenho certeza que vai melhorar, que vai proteger o cidadão de bem, essa viatura está indo para Bertolínia. E em complemento, está indo umas cestas básicas, atendendo aqui um pedido do tenente Daniel, para fazer parte de uma ação movimentada pela Polícia Militar, idealizada pela Polícia Militar, o GPM de Bertolínia, o Natal sem fome, pra beneficiar o CPF das pessoas que estão precisando. E a Polícia Militar fazendo um papel, que um CNPJ daí do município não está fazendo, que deveria se preocupar com quem está passando fome, que deveria se preocupar com quem está passando necessidade e não faz. Não é isso, tenente? Brigado, qualquer coisa conte com a gente. Vamos ajudar a colaborar, ajudar que esse Natal seja um Natal melhor. Muito mais coisa boa está vindo por aí. Um abraço!"

OPERAÇÃO BACURI

O ex-prefeito Luciano Fonseca chegou a ser preso no âmbito da Operação Bacuri, deflagrada no início de dezembro de 2019 para coleta de provas contra um suposto grupo criminoso que atuava no município de Bertolínia. Desse grupo, segundo os investigadores, faziam parte familiares do então gestor.

O pai Aluízio José de Sousa, a mãe Eliane Maria Alves da Fonseca e a esposa Ringlasia Lino Pereira dos Santos também foram presos.

Luciano Fonseca foi afastado do mandato por determinação judicial e não mais retornou. 

Em janeiro de 2020 foi solto por determinação do ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), mas teve que usar monitoramento eletrônico. 

O ex-prefeito de Sebastião Leal, José Jeconias, também chegou a ser alvo das autoridades.

Comentários