Política

Censura e a falsa mentira · 14/05/2019 - 11h10 | Última atualização em 14/05/2019 - 12h32

Ex-assessora da Suprema Corte americana: não cabe ao estado dizer o que é Fake News

Mas e quando eles chamam a polícia para dizer o que é Fake News e investigarem jornalistas baseados em informações de gente ligada a políticos?


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

 

ooo
_Professora Jane E. Kirtley

ELES TENTAM CALAR E DISCUTIR FATOS NO PORÃO

Em entrevista à Revista Crusoé - que assim como o Blog Bastidores, do 180, e outros jornalistas locais já foi censurada por juízes e reprimida por policiais -, a ex-assistente da Suprema Corte americana, professora Jane E. Kirtley, diz que juízes chegam a atropelar as leis para calar jornalistas. 

O responsável pela entrevista é o jornalista Duda Teixeira.

Formada em direito e em jornalismo e com atuação nas duas áreas, e ainda professora de ética e comunicação da Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, ela afirmou ao repórter de Crusoé que o problema é "quando nós, cidadãos, passamos a depender de juízes, governantes, ou deputados para dizer o que é verdade e o que não é. Isso não é algo que cabe a eles decidir".

E argumenta: "porque só conhecemos a verdade quando fatos e ideias diferentes são colocados lado a lado e discutidos na arena pública". 

Agora, imagina quando a polícia é chamada para dizer ou não dizer o que é Fake News a pedido de conhecidos no poder ou para, simplesmente, denegrir a imagem de jornalistas?

- CLIQUE E LEIA A ENTREVISTA COMPLETA NA CRUSOÉ


Comentários