Política

"Farra do Caminhão do Lixo" · 23/05/2022 - 09h56 | Última atualização em 23/05/2022 - 10h03

Estadão sustenta que Ciro Nogueira direcionou emenda para compra de caminhão de lixo de "amiga"

Em postagem no Facebook, a deputada federal Iracema Portella informa estar em Brasileira entregando um caminhão de lixo


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

_Foto da empresária na posse do ministro Ciro Nogueira, publicada em rede social (Imagem: Reprodução)
_Foto da empresária na posse do ministro Ciro Nogueira, publicada em rede social (Imagem: Reprodução) 

O jornal O Estado de São Paulo, em matéria assinada por André Shalders, Julia Affonso e Vinícius Valfré, no especial “Farra do Caminhão do Lixo”, informa aos seus leitores que o ministro-chefe da Casa Civil “direcionou emenda para comprar caminhão de lixo de amiga que frequenta seu gabinete”. 

Segundo a publicação, a empresa Grupo Mônaco Diesel Caminhões LTDA, cuja proprietária seria a empresária Carla Morgana Denardim, ampliou a venda de compactadores de lixo para o governo após a aproximação de Ciro Nogueira com o governo Bolsonaro. 

E que após essa aproximação a empresa teria conseguido um contrato de R$ 11,9 milhões com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), através da superintendência no Piauí, onde figura um suposto apadrinhado de Ciro, Inaldo Guerra. 

Em reportagem anterior, o Estadão sustentou que há suspeita de sobrepreço de R$ 109,3 milhões no aumento 500% na compra de caminhões de lixo no atual governo Bolsonaro, compras essas geridas por estatais que Bolsonaro cedeu para o Centrão, grupamento de partidos vorazes do qual Ciro faz parte. 

Ainda segundo o jornal, na mais recente matéria, a emenda de Ciro Nogueira, senador licenciado, garantiu a compra de um caminhão compactador de lixo para o município de Brasileira, que tem pouco mais de 8.300 habitantes. 

_A deputada Iracema Portella entrega caminhão em Brasileira (Foto: Facebook/Iracema)
_A deputada federal Iracema Portella entrega caminhão em Brasileira (Foto: Facebook/Iracema) 

Também informa, citando especialistas, que o compactador de lixo é desaconselhado para municípios como o de Brasileira, vez que ele não possui mais de 17 mil habitantes, devido ao alto custo, sendo aconselhado o caminhão basculante. 

O caminhão que beneficiou Brasileira custou R$ 318.044,23, mais caro que os demais adquiridos pela Codevasf, da ordem de R$ 297,8 mil, também segundo o jornal. E teria sido entregue ao município pela deputada Iracema Portella. 

A matéria completa consta do Estadão desta segunda-feira (23).

Comentários