Política

Audiência pública na Câmara · 07/08/2020 - 16h39 | Última atualização em 07/08/2020 - 16h54

Empresários apresentam proposta de protocolo para retomar eventos em Teresina

A realização da audiência foi uma iniciativa do vereador Venâncio Cardoso (PSDB)


Compartilhar Tweet 1



Normatizar um protocolo de segurança sanitária para a retomada de eventos em Teresina com aval não só da Prefeitura de Teresina, mas do Governo do Estado. Esse foi o encaminhamento que ganhou destaque na audiência pública realizada na manhã desta sexta-feira (7) na Câmara Municipal de Teresina, com representantes do setor. A realização da audiência foi uma iniciativa do vereador Venâncio Cardoso (PSDB).

“O segmento de eventos em Teresina, é um segmento que emprega muita gente, mas as pessoas estão com receio de tocar no assunto, por causa da aglomeração. Evento vai desde um pequeno batizado, até um show com quinze mil pessoas. Nesta audiência pública pudemos entender o que pensa o poder público municipal para o mercado de eventos, com retomada gradual e uma série de protocolos. A Prefeitura, por meio do Procurador do Município, já revelou que tem um protocolo e nós precisamos nos reunir com o Governo do Estado, lançando um protocolo, com uma retomada gradual, leva credibilidade. O ruim seria não ter um direcionamento”, esclareceu o vereador.

Após algumas discussões, a Associação Piauiense das Empresas de Eventos (APOE), representada por Tiago Peixoto e Bruce Cordão, apresentou uma proposta de protocolo dividido em medidas de comunicação, distanciamento, higiene e sanitização. O documento será encaminhado e analisado pelo Comitê Gestor Municipal de Medidas para Enfrentamento da Pandemia Coronavírus (Covid-19).

De acordo com Bruce Cordão, entre as propostas do protocolo, quatro fases de modelos de eventos precisam ser cumpridas. “Nós ainda não tínhamos sugerido prazos. Como entendemos a retomada dos eventos por metro quadrado, por área de circulação, então estamos falando sobre quatro fases. A fase 5, seria o pós-vacina quando tudo voltaria ao normal. A fase 1 seria agora quando seriam liberados os Drive-In e circulação em Parques Públicos. A fase 2, seria de agora a 30 dias, que seria a realização de eventos esportivos sem público. Na fase 3, eventos educacionais, eventos para até 600 pessoas. Na fase 4, que seria em novembro ou dezembro, eventos para até mil pessoas, com limite de área”, explicou.

Além disso, empresários do setor cobraram uma posição do Poder Público Municipal sobre autorizações para a realização de eventos com modelo Drive-In (o modelo trata-se em assistir em um espaço aberto, dentro do próprio carro, shows musicais e filmes). Outros encaminhamentos sobre novas reuniões também foram aprovados.

Reunião com o Governo do Estado

Já no início da próxima semana uma reunião entre o Comitê Gestor Municipal de Medidas para Enfrentamento da Pandemia e o Governo do Estado deve acontecer. A ideia é que tanto o protocolo apresentado pelos empresários, quando o já pensado pela Prefeitura de Teresina possam ser apresentados e ganhem o apoio do Governo do Estado, servindo de modelo para o resto outras cidades do estado.


Fonte: AsCom

Comentários