Política

Fiscalização Federal · 20/02/2020 - 07h28 | Última atualização em 20/02/2020 - 07h34

Educação e Saúde em Campo Maior devem ser alvos de fiscalização da Controladoria Geral da União

As duas pastas já são alvos de denúncias e suspeitas em face da utilização de recursos públicos federais destinados pela União


Compartilhar Tweet 1



 

Por Rômulo Rocha - Do Blog Bastidores

 

____________

- Nada melhor do que iniciar 2020 com o pé direito

______________________

QUE MUNICÍPIO DE SORTE

Que ano! Campo Maior está entre os 60 municípios do Brasil sorteados pela Controladoria Geral da União (GCU) para serem alvos de fiscalização no ano de 2020 no tocante à aplicação de recursos federais repassados pela União. Isso é que é ter sorte, ao poder provar que os recursos são bem aplicados. 

Geralmente, dois dos alvos dos auditores da CGU são justamente as áreas de Educação e Saúde. Áreas críticas no município de Campo Maior, e que tem, respectivamente, como manda-chuvas, os secretários Conceição Lima e Marcelo Miranda (foto).

As fiscalizações também podem recair sobre programas sociais e em repasses vultosos de recursos federais. Inclusive, denúncias podem ser encaminhadas para a Controladoria.

Pelos critérios da CGU, o universo do sorteio abrangeu 5.357 municípios em todo o país. E olha só, dos 60 selecionados, lá estava Campo Maior.

A CGU explicou que o número de sorteados em cada estado variou de um a cinco. No Piauí outro município entrou nesse rol dos sortudos para também ser fiscalizado. É Fartura do Piauí.

O sorteio utilizou os mesmos sistema e equipamentos adotados nas loterias da Caixa Econômica Federal.

_ Sorte dos municípios brasileiros (Foto: Divulgação)
_Sorte dos municípios brasileiros (Foto: Divulgação) 

Este é o sétimo ciclo do Programa de Fiscalização em Entes Federativos (FEF) da Controladoria.

“Os municípios selecionados no âmbito do 5º e 6º ciclos do FEF e aqueles que foram objeto de fiscalizações especiais no mesmo período – que totalizam 160 municípios – estão em carência, não tendo participado do atual sorteio”, explica a CGU. Foram sorteados municípios com até 500 mil habitantes, excetuando-se as capitais.

O objetivo das fiscalizações é assegurar a correta aplicação dos recursos.


Comentários