Política

Jornalista da Globo mediando · 04/10/2012 - 22h29

Confira, em tempo real, o último debate de THE: é na TV Clube

Zileide Silva comanda o último debate com os candidatos a prefeito de Teresina


Compartilhar Tweet 1



A TV Clube, afiliada Globo no Piauí, realiza na noite desta quinta-feira (04/10) debate com os candidatos a prefeito de Teresina. Com mediação da jornalista da Rede Globo, Zileide Silva, apresentadora do programa Jornal Hoje, o debate é o último desta campanha eleitoral na capital.

O 180graus foi o único veículo de comunicação que fez a cobertura de todos os debates das Eleições 2012 em Teresina. Equipes de reportagem estiveram nos debates das TVs Meio Norte, Cidade Verde e Antena 10, além dos debates realizados em faculdades, sindicatos e associações de moradores.

No debate da TV Clube, porém, nem todos os sete candidatos participam. Daniel Solon (PSTU) e Vasconcelo Pinheiro (PCB) não foram convidados e não participam. Segundo a emissora, o critério é baseado naqueles partidos que têm representação no Congresso Nacional. Estão presentes os candidatos Beto Rêgo (PSB), Elmano Ferrer (PTB), Firmino Filho (PSDB), Maklandel Aquino (PSOL) e Wellington Dias (PT).

ACOMPANHE EM TEMPO REAL

00h51 – 5º BLOCO – Considerações finais

W. Dias – “Agradeço a todos que a cada dia fizeram nossa campanha. Quero ser prefito para cuidar desta cidade. A decisão é sua, vote em Wellington, vote certo, e vou honrar seu voto, trabalhando muito”.

Beto Rêgo – “Quero fazer um alerta. Você vai votar dia 07 em alguém para comandar a cidade nossa cidade. Nós somos a transformação”.

Maklandel Aquino
– “Queria lamentar a ausência de Vasconcelo e Daniel. E peço novamente o voto para você teresinense, vote PSOL 50”

Firmino Filho – “Agradeço a cada um de vocês que estiveram aqui conosco. Vamos fazer uma cidade mais justa para todos”

Elmano
“Agradeço a Deus por ter levado a campanha, por ter me mostrado as dificuldades, aos idosos, avaliem e votem em quem é o melhor para governar esta cidade”.

00h35 - 4º BLOCO

Wellington pergunta para Elmano – O que fará com áreas irregulares?

Elmano – Nenhum dos que tiveram ai enfrentaram essa guerra, nada avançou, está a mesma coisa, são problemas que todos passaram. Eu comecei recriando uma secretaria que habitação que o Firmino extinguiu. Há 55 mil imóveis sem regularização. Eu tive coragem de enfrentar.

Wellington – Ele não respondeu o que vai fazer, só disse o problema, ele acabou com o programa Habitar Legal.

Elmano – Nós vamos regularizar os imóveis com recursos tudo pago assegurado já pela presidência.

Elmano pergunta para Firmino – Qual estratégia para conseguir recursos?

Firmino – Nós regularizamos 15 mil imóveis em Teresina. Elmano criou secretaria como cabide de emprego, não regularizou um imóvel sequer. Vamos fazer obras importantes, para melhorar trânsito, basta que possamos trabalhar com muita competência para fazermos acontecer, fizemos no passado, vamos buscar recursos onde eles existirem.

Elmano – Quando era prefeito no tempo do Fernando Henrique, porque não conseguiu recursos? Essas avenidas que ele fala já negociamos os recursos, já deixou de fazer e agora não terá como fazer.

Firmino – meu caro Elmano, não era isso que você falava quando era vice prefeito, que elogiava nossa capacidade de arrumar recursos e fizemos grande projetos com competência.

Firmino pergunta para Beto – Que obras fará na região Sul?

Beto – Quando acabar esta eleição, vai ser um canteiro de obras inacabadas, que ver como vai ficar a situação nas chuvas. No Zona Sul vamos melhorar o comércio, oferecer uma estrutura melhor para atender bem a população. Sou morador daquela região, é preciso investir na saúde, energia elétrica.

Firmino – Vamos construir as Upas com atendimentos 24h, melhorar o trânsito e transporte, fazer o plano diretor, viadutos e trabalho para as comunidades que mais precisam.

Beto – Há bairros em condições sub-humanas, sem saúde, escola, não há política direcionada para essas pessoas.

Beto pergunta para Maklandel – O que fará no período das enchentes?

Maklandel – No cinturão verde se a prefeitura quisesse fazer antes, já teria feito, assim como o Lagoas do Norte, que não conseguiu reduzir a poluição, a água está poluída, esse projeto é fruto de um descaso da prefeitura. Angariou empréstimo muito grande, mas só contempla grupos empresariais.

Beto – Nós estamos preocupados com as chuvas, quando vem a água a situação fica difícil para as pessoas, era para ser um trabalho que garantisse mais dignidade.

Maklandel – Nos temos os rios de Teresina prejudicamos, poderia gerar renda, mas não é isso que acontece.

Maklandel pergunta Wellington – Qual proposta para habitação?

Wellington – Essas propostas são pequenas, deveriam fazer as coisas ordenadamente, é necessário se preocupara com essa Teresina abandonada, quero ser o primeiro prefeito do PT nesta cidade para trabalhar, é preciso ter um plano de habitação, trabalhar para melhorias.

Maklandel – Houve o rompimento da barragem de Algodões, e até hoje as famílias não foram indenizadas , será que os teresinenses vão acreditar.

Wellington – Aqui em Teresina quero trabalhar para evitar acidentes, para que as pessoas possam ter dignidade.

00h07 – 3º BLOCO
Firmino para Elmano – Porque não reconhece o trabalho de Silvio na iluminação pública?
Elmano
– Pegamos uma acidade escura. Hoje esta bem estruturada. Hoje recebemos recursos da Eletrobras e aplicando na iluminação da cidade.
Réplica Firmino – Precisamos respirar quem trabalhou pela cidade.
Tréplica Elmano – Quem está com a verdade. Quem iluminou a cidade ou quem deixou no escuro. É só comparar.

Elmano pergunta para W. Dias – O que fazer para o trânsito?
W. Dias
– É realmente um caos. Precisamos desafogar o trânsito da cidade. As calçadas, por exemplo, ninguém anda.
Réplica Elmano – Já fizemos muito nesta gestão. Amanhã entregaremos viadutos, fizemos ciclovias, fizemos a integração.
Tréplica W. Dias – Quem mora na zona urbana não tem parada de ônibus. Na zona Ural quem vem não tem direito de parar na zona rural.

W. Dias pergunta para Beto – Qual política para as creches?
Beto
– Queremos fazer projetos modelos, com aulas de meio ambiente, reforço, queremos trazer projetos que dão certo em outras capitais para que as mães possam sair para trabalhar e deixar seus filhos.
Réplica W. Dias – Nós vamos fazer 92 creches e fazemos porque é possível. Existe em outras cidades.
Tréplica Beto Rêgo – Nós temos projetos e vamos implementar.

Beto pergunta para Maklandel – O que fazer com as ruas sem calçamento?
Maklandel
– Existem muitas ruas sim sem calçamento e reflete no qualidade de vida das pessoas. Teresina assim fica abaixo da média do Nordeste neste ponto.
Réplica Beto Rêgo – Temos muito abandono das ruas. Se aparece como calçada alguém pagou e se pagou cadê o dinheiro?
Tréplica Maklandel – Precisamos de ações efetivas nesta área sim.

Maklandel pergunta para Firmino – O que pretende fazer para gerar emprego na zona rural?
Firmino
– Temos que colocar na zona rural mais assentamentos. E vamos avançar com esta reforma agrária municipal e precisamos de formas mais eficientes para fazer muito mais pela cidade.
Réplica Maklandel – Muitos projetos do PSDB também não saíram do papel. Muita gente está saindo dos assentamentos pela falta de emprego.
Tréplica Firmino – Temos modelo de assentamento que é exemplo para o Piauí.

23h50 - 2º BLOCO
Maklande Aquino - Licitações são oferecidas a grupo s políticos?
Elmano
– Todas as licitações são abertas, se as empresas se sentem lesadas podem recorrer. Se você fala da sucesso, uma empresa grande que faz obras em todas as gestões, do Firmino, do Wellington. Não temos obras paradas, das 300 poucas ainda dependem de emendas parlamentares.
Réplica de Maklandel – A Fecomércio denunciou licitações em Teresina. No Alto da Ressurreição tem obras inacabadas.
Tréplica de Elmano – No Alto da Ressurreição e Frei Damião é obra do PAC e aguarda recurso. Todas as obras estão no portal da Transparência.

Elmano pergunta para Beto Rêgo – Qual sua política para os servidores públicos?
Beto
- O posto de saúde do Vamos ver o Sol está inacabado e alguns viadutos. Precisamos de respeito aos respeito aos servidores. Nós vamos fazer isso.
Réplica Elmano – Nunca servidores foram tão bem tratados. Temos obras grandiosas na cidade.
Tréplica Beto – Eu sou do povo e acompanho todas as comunidades. Temos obras atrasadas sim.

Beto pergunta para Wellington Dias – Senador como pretende trabalhar a política de geração de emprego e renda?
Wellington Dias
– No meu governo eu tinha dinheiro para pagar a folha sim. Com relação ao emprego, primeiro, vamos fazer concurso para médico, guarda municipal, ampliar investimentos com recursos federais. Vamos apoiar os empreendedores em 23 polos de atuação e vamos captar recursos dos bancos e qualificar os trabalhadores do campo e da cidade.
Réplica Beto – Geração de emprego e renda tem que ter empresas e indústrias que devem chegar quando nós formos prefeito. Hoje só perdemos indústrias na cidade.
Tréplica W. Dias – O que me motiva é o desejo de alavancar o comércio de Teresina. Vamos fazer viadutos, recuperar as vias.

W. Dias pergunta para Firmino – E na educação o que pretende fazer, porque fechou escolas profissionalizantes?
Firmino Filho
– Você foi governo e era para bem administrar a coisa pública. Escolas passaram atender mais crianças. E naquela época não tinha financiamento. Tivemos que tomar decisões sempre. Vamos melhorar a qualidade do ensino, valorizando os professores, vamos levar as famílias para dentro da sala de aula e garantir o acesso ao ensino infantil.
Réplica W. Dias – Como podemos acreditar que você vai abrir as creches se já fechou antes. Muitas mães deixaram de trabalhar porque não tinha onde os filhos ficarem. Nós vamos fazer a expansão da educação.
Tréplica Firmino – Nós tivemos um momento e um desafio, tínhamos que fazer. Tínhamos um compromisso e cumprimos.

Firmino pergunta para Maklandel Matos – O que fazer na habitação?
Maklandel Matos – Temos déficit habitacional, precisamos fazer um cadastro com quem precisa. Precisamos fazer uma regularização fundiária urgente. Vamos criar um fundo para financiar as habitações e vamos criar uma política de pequeno, médio, longo prazo.
Réplica de Firmino – Vamos fazer mais casas, vamos criar o programa ‘Meu primeiro teto’ para os jovens casais.
Tréplica de Maklandel – Você teve dois mandatos e não teve competência para fazer o que promete agora.

23h39 - 1º BLOCO
CANDIDATOS FAZEM PERGUNTAS ENTRE SI, TEMA PRÉ-DETERMINADO

Beto pergunta para Firmino – O que fará pela segurança?
Firmino - Vamos fazer o pano municipal da prefeitura, queremos dizer que a guarda municipal vai sair do papel. vai diretamente ajudar os policiais na segurança pública, e vamos avançar neste sentido, vamos chamar as comunidades para debater, tudo isso em parceria com os jovens, cabe a prefeitura auxiliar

Beto – Temos que tirar esses policiais da vigia dos prédios públicos e colocar na rua, que a policia militar possa agir

Firmino - A questão de segurança é do governo e da União, mas vamos colocar recursos para que aja junto as comunidades, para melhorar a segurança pública.

Firmino pergunta para Elmano – Porque houve essa queda na educação?

Elmano – As escolas precisam ser adequadas e temos que qualificar e reaparelhar para o tempo integral. Colocamos cozinhas industriais, bibliotecas, laboratórios para que possamos ter a educação em tempo integral. Quero fazer o fardamento para todos os alunos.

Firmino – É importante saber que o piso foi estabelecido em 2009 por Silvio Mendes, a educação estava em terceiro lugar no Brasil e caímos. Temos que ter educação de verdade para valer.

Elmano – O transporte está recebendo sim pagamento e investindo na educação.

Elmano pergunta para Wellington – Qual a política para tratar dos resíduos sólidos?

Wellington – Na área do lixo há duas Teresinas, na zona leste é muito bonito, mas no resto da cidade há lixo que não é coletado há muito tempo. Vamos contratar uma empresa para realmente fazer um trabalho bem feito, para que se possa fazer a coleta ecos e j tratamento e se reaproveitar o que reciclável, fazer isso de forma transparente.

Elmano – Estamos procurando melhorar o aterro sanitário em nossa cidade e impedindo que o chorume possa contaminar os lençóis freáticos e coleta do lixo hospitalar.

Wellington – No mercado do Dirceu fizeram um mercado a céu aberto que não tem cuidado com as pessoas que ali convivem.

Wellington pergunta para Maklandel – Como pretende lidar com as finanças?

Maklandel – Vamos fazer uma auditoria para saber o quanto a prefeitura está gastando, vamos fazer isso com a maior transparência, e usar o orçamento para investimentos. Teresina não foi contemplada nessas demandas que beneficiam a população. Os ricos tem que pagar mais impostos para bancar as políticas sociais.

Wellington – O eleitor tem, que saber que o ex-prefeito e o atual prefeito é que quebraram a prefeitura, quero aumentar o capital da prefeitura para fazer investimentos.

Maklandel – É interessante que o senhor entregou o estado e o seu sucessor teve que fazer um empréstimo para pagar dívidas que o senhor deixou, quero ampliar a arrecadação.

Maklandel pergunta para Beto – Qual a solução para tratar da lotação nos hospital?

Beto – Temos que ter mais leitos , há muito tempo não há investimentos, a população está abandonada, não tem como viver num lugar como esse, é preciso investimento na saúde, as pessoas estão abandonadas. Temos que atender as necessidades.

Maklandel – Temos pessoas jogadas em macas, e não há valorização dos funcionários, temos que melhorar a questão da própria dinâmica da saúde.

Beto – É muito ruim chegar nesses postos e ser mal atendidos, não ter médico e é isso que a população sofre, mas queremos cuidar disso.

23h15 - Começa o debate da TV Clube. Candidatos perguntam uns para os outros sobre temas variados.

22h56 - Os candidatos aguardam o início do debate em salas com os assessores. Debate começa depois da novela 'Gabriela'.

22h37 - Os militantes dos partidos já estão em frente à emissora à espera do debate da Tv Clube.

MAIS FOTOS DO DEBATE




REPÓRTERES: Allisson Paixão, Daniel Silva e Jhone Sousa - Direto da TV Clube