Operação Rebote -

Rosinha Garotinho é investigada em operação da PF contra fraude na previdência

Nesta terça-feira (28/11), a Polícia Federal deflagrou a Operação Rebote, que tem como um dos alvos a ex-governadora do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho. A investigação foca em uma suspeita de fraude na previdência municipal de Campos dos Goytacazes, cidade no norte fluminense e reduto eleitoral dos Garotinho.

O foco da PF é um suposto rombo de R$ 383 milhões na PreviCampos. De acordo com as apurações, no final de 2016, a maior parte dos investimentos estava em fundos suspeitos, caracterizados por alto risco e baixo retorno, conforme relatado pelo G1.

Agentes cumpriram 18 mandados de busca e apreensão em Campos, na capital fluminense, São Paulo e Santos (SP). Segundo a PF, os crimes teriam ocorrido em 2016, com uma alteração na estratégia de investimento do fundo. Inicialmente investido em fundos seguros com o Banco do Brasil e a Caixa, houve uma mudança para fundos de baixa liquidez, pouco reconhecidos pelo mercado e incompatíveis com a política de investimento da PreviCampos. Os alvos da Operação Rebote em Campos estão sendo minuciosamente investigados.

Foto: Reprodução/ Facebook

Fonte: Metrópoles

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco