Segue afastado das salas -

Professor que elogiou Hitler é indiciado por racismo e apologia ao crime

O professor de Imbituba, em Santa Catarina, flagrado ao falar para os alunos que tem admiração por Adolf Hitler foi indiciado por racismo e apologia ao crime. A Polícia Civil concluiu o inquérito na sexta-feira (17/3) e encaminhou ao Poder Judiciário. Enquanto o processo tramita, o homem segue afastado das salas de aula. Do Metrópoles com informações do NSC Total.

Foto: Reprodução

O caso ganhou repercussão nesta semana, quando um vídeo das falas do professor viralizou nas redes sociais. Porém, ele já era alvo de um inquérito instaurado no fim de outubro de 2022 por crimes bem semelhantes, investigação que agora culminou no indiciamento.

Instagram

Comentários

Trabalhe Conosco